Compaixão

Ativistas do grupo Save realizam vigília em matadouro de aves de Lajeado (RS)

Animal Save já havia feito vigília em Encantado, município vizinho, onde registrou a chegada de porcos para a morte e consumo humano

“Com essas imagens, o grupo busca despertar a conscientização do consumidor sobre a exploração animal” (Fotos: Animal Save/Save Movement RS)
“Com essas imagens, o grupo busca despertar a conscientização do consumidor sobre a exploração animal” (Fotos: Animal Save/Save Movement RS)

Na última quinta-feira (21), ativistas do núcleo Animal Save, do The Save Movement, realizaram vigília em frente a um matadouro de aves de Lajeado (RS).

Segundo o grupo, a intenção era registrar as condições precárias em que esses animais são mantidos – mostrando ainda o desalento e estresse intenso que vivem em suas últimas horas de vida.

“Com essas imagens, o grupo busca despertar a conscientização do consumidor sobre a exploração animal.”

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

O Animal Save já havia feito vigília em Encantado, município vizinho, onde registrou a chegada de porcos para morte e consumo humano.

Segundo o coletivo que atua em defesa dos direitos animais, a ação pacífica em junho teve como objetivo de registrar imagens dos suínos empilhados, amontoados e sujos, entre olhares plenamente conscientes de seu destino.

De acordo com relato dos ativistas, o cheiro de morte era insuportável e os gritos poderiam ser ouvidos a mais de duas quadras, já que os matadouros ficam na área urbana e rodeado de casas e apartamentos.

Essa foi a primeira vez que os ativistas realizaram ação em um matadouro de aves. O Save Movement é um movimento internacional e começou a promover ações no Rio Grande do Sul em agosto deste ano.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui