Exploração animal

Comissão da OAB move ação contra rodeio de Saquarema (RJ)

(Foto: André Silva)

Para o presidente da CPDA/OAB-RJ, Reynaldo Velloso, a proibição de rodeios está se consolidando


A Comissão de Proteção e Defesa dos Animais da OAB do Rio de Janeiro entrou com uma ação judicial contra a realização do Country Fest, rodeio marcado para os dias 29 e 30 de novembro e 1 de dezembro, em Saquarema (RJ).

(Foto: André Silva)

A expectativa é de que o Judiciário atenda ao pedido da OAB, especialmente porque os organizadores do evento já foram condenados por maus-tratos a animais em festa realizada em Volta Redonda no ano passado.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Recentemente, rodeios que seriam promovidos em Caixas e Belford Roxo foram cancelados. As informações são do portal Fauna Comunicação.

Na opinião do presidente da CPDA/OAB-RJ, Reynaldo Velloso, “é muito cedo para falarmos em Jurisprudência, mas é inegável que esta proibição está se consolidando. A possível vitória em Saquarema ajudará a confirmar esta direção e nos deixará mais próximos do que desejamos.”

”Não somos contra os festivais, que podem ser realizados com cantores, artistas, atores, etc., gerando renda para a população e arrecadação para a prefeitura. Apenas pleiteamos que não seja permitida a utilização de animais, que sofrem muito nestas competições”, completou.

Em 2018, uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) estabeleceu que a lei que regulariza rodeios no Ceará é inconstitucional. Na época, a ministra Carmen Lúcia respondeu que a cultura muda, ao rebater argumentos de que rodeio e vaquejadas são práticas culturais.

O STF já decidiu também, em outras ocasiões, que o rodeio submete os animais a crueldade e, portanto, é incompatível com o disposto no artigo 225, parag. 1º, inc. VII da Constituição Federal.

A decisão judicial sobre o rodeio de Saquarema deve ser proferida nesta sexta-feira (29). Se a liminar pleiteada pela OAB for concedida, apenas as atividades com animais serão proibidas.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


1 COMENTÁRIO

  1. Gostaria de saber as fontes de mal tratos de animais em rodeio, veja bem nao estou dizendo que uma ou outra companhia nao o faça maus tratos, ate acredito que sim , que então se puna a companhia com multas e se houver de novo retire seu alvará mas proibir a práticae punir quem anda certo é a mesma coisa de proibir dirigir porque motoristas irresponsáveis matam pessoas é a mesma lógica

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui