Cão que perseguiu carro no Distrito Federal não foi abandonado, diz polícia


Tom, como é chamado o cachorro, vive em situação de rua e recebe cuidados dos moradores da região de Taguatinga Sul


O cachorro que correu atrás de um carro na QSD 47, em Taguatinga Sul, no Distrito Federal, não foi abandonado, segundo a Polícia Civil.

Reprodução/Portal Metrópoles

As imagens do suposto abandono foram divulgadas na segunda-feira (18) nas redes sociais. Investigações concluíram que o carro havia sido deixado em uma oficina mecânica e que o cachorro perseguiu o veículo após o motorista sair do local. As informações são do portal Metrópoles.

Ao perceber que estava sendo seguido pelo animal, o homem reduziu a velocidade, abriu a porta do carro e ordenou que o cão fosse embora como forma de protegê-lo de acidentes. O cachorro, porém, continuou perseguindo o automóvel.

Uma moradora da região, que acreditou se tratar de um caso de abandono, filmou a cena e divulgou as imagens. “O meu coração está quebrado com tanta crueldade. Tentaram pegar o cachorro, mas ele está muito assustado, e fugiu”, escreveu a mulher, ao fazer uma publicação nas redes sociais.

De acordo com a polícia, além de não ter sido abandonado, o cachorro está bem e não foi maltratado. “Tom é um cachorro acostumado a ficar na rua e é bem tratado pelos moradores da região. Como é possível verificar nas imagens, o animal nutre um apego pelo homem que estava dirigindo o carro e costuma segui-lo aonde ele vai”, afirmou a Polícia Civil, em nota.

Denúncias de maus-tratos a animais, realizadas sob sigilo, podem ser feitas na Delegacia do Meio Ambiente (Dema) ou em qualquer outra delegacia, além da Polícia Civil, pelo telefone 197.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CATIVO EM ZOO

CRIME AMBIENTAL

RESPONSABILIZAÇÃO

ABERRAÇÃO LEGISLATIVA

ESCRAVIDÃO

EXEMPLO

CICLOVIA RIO PINHEIROS

ESTRESSE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>