Oportunismo

Caso de cachorro que nasceu com rabo na testa é alvo de golpistas

Reprodução/Facebook

O filhote, que tem cerca de 10 semanas de idade, foi resgatado por uma ONG que trabalha com animais que possuem algum tipo de deficiência


O caso do cachorro que nasceu com um rabo na testa está sendo usado por golpistas para arrecadar dinheiro com doações. Narwhal tem cerca de 10 semanas de idade e foi resgatado em Missouri, nos Estados Unidos.

Reprodução/Facebook

O filhote foi resgatado pela ONG Mac’s Mission, que trabalha com animais com deficiência, após ser abandonado na rua. As informações são do Yahoo Notícias.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Centenas de contas bancárias com pedidos falsos de doação foram descobertas pela fundadora do abrigo, Rochelle Steffen, segundo o portal TMZ. Publicações pedindo ajuda para o tratamento do cão foram feitas por estelionatários nas redes sociais.

Para tentar coibir as fraudes, a ONG criou um link oficial para doações na sua página no Facebook. Até o momento, cerca de US$ 2 mil foram arrecadados.

Rabo na testa

Margret Casal, professor da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade da Pensilvânia, afirmou ao The New York Times que o rabo na testa do cachorro é provavelmente um gêmeo parasita.

Gêmeos idênticos regulares são formados pela divisão da metade de um embrião logo após a fertilização. Se a divisão é tardia, as metades não se separam totalmente e surgem os gêmeos siameses. De acordo com o especialista, se a divisão tardia for assimétrica, o que é raro, um lado do embrião se transforma em um indivíduo totalmente formado e o outro se torna uma parte extra do corpo.

Narwhal foi examinado por um veterinário no último dia 12. O profissional concluiu que o animal não precisará ser submetido à cirurgia para retirada do rabo porque ele não sente dor. Além disso, o rabo não está ligado a órgãos e não é formado por nenhum osso.

O cachorro recebeu o nome de Narwhal em homenagem à baleia narval, que tem um dente com aparência de chifre na cabeça. As fotos dele fizeram sucesso e viralizaram na internet.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui