Ativistas usam drone para flagrar violência contra raposas em caçadas


Foto: Kennedy News and Media
Foto: Kennedy News and Media

As imagens de drone filmadas por ativistas pelos direitos animais e contra a caça mostram o momento em que dezenas de cães capturam e mutilam uma raposa enquanto três caçadores montados em cavalos ficam por perto rindo da cena cruel.

Os ativistas do grupo West Kent Hunt Sabs começaram a filmar a prática, capturando essas cenas violentas no sábado (09) que mostram três cavaleiros a cavalo seguindo uma matilha de cães enquanto parecem captar o cheiro de uma raposa e perseguir o animal.

Galopando pela paisagem de 160 quilômetros quadrados, os cavaleiros perseguem os cães, que eventualmente alcançam a criatura aterrorizada.

A filmagem mostra que dois cães conseguem pegar a raposa e começam um cabo de guerra sobre o corpo dela antes que toda a matilha rodeie o pobre animal e o rasgue em pedaços – deixando-o sem cabeça.

Enquanto o corpo do animal ensanguentado se encontra em duas metades sobre a grama, os cães parecem correr de volta para os caçadores.

Harry Blackhurst, de West Kent Hunt Sabs, afirma que ele e sua equipe tentaram chegar ao corpo da raposa, mas o cadáver foi levado por um dos membro da caçada – que ele afirma estar rindo das imagens.

Foto: Kennedy News and Media
Foto: Kennedy News and Media

O ativista está pedindo à polícia de East Sussex que aplique a Lei de Caça, que afirma que a caça à raposa é ilegal na Inglaterra, Escócia e País de Gales. A polícia confirmou que está investigando.

Blackhurst, de Kent, disse: “Ficamos sem palavras. Como alguém pode fazer isso com um animal está além da minha compreensão”.

“Mas nada está sendo feito porque a Lei da Caça é fraca, então eles usam brechas na lei.

“Na filmagem, a cabeça da raposa pode ser vista separada do corpo à direita da tela. Tentamos obter imagens mais nítidas do corpo, mas os caçadores o levaram embora”.

Foto: Kennedy News and Media
Foto: Kennedy News and Media

“A coisa mais mortificante foi quando os cães mataram a raposa, os caçadores estavam todos rindo”.

“A caça é ilegal. Havia pelo menos 30 cães de caça – o que você chamaria de um bando completo e eles não fizeram absolutamente nenhuma tentativa de impedir a crueldade”.

“Eles ficaram lá por uma hora e meia dando voltas em círculos para ajudar os cães a sentir o cheiro da raposa”.

Blackhurst e a equipe de West Kent Hunt Sabs foram chamados para ajudar a ajudar a South Coast Hunt Sabs no fim de semana passado, enquanto monitoravam uma caçada.

Foto: Kennedy News and Media
Foto: Kennedy News and Media

Ele conta que os cães foram ouvidos “ganindo”, sinalizando que haviam captado o cheiro de uma raposa.

Ele disse: “Recebemos uma ligação da South Coast Hunt Sabs dizendo que precisavam de nossa ajuda para impedir uma caçada”.

“O South Coast Hunt Sabs já os estava seguindo em campo, então chegamos a uma posição em que poderíamos usar o drone”.

“Os emebros da caçada devem ter descoberto que estávamos lá, porque logo depois que chegamos, os cães começaram a chorar. Esse é o barulho que eles fazem quando sentem o cheiro de uma raposa”.

Foto: Kennedy News and Media
Foto: Kennedy News and Media

“Tentamos confundi-los com uma trompa de caça. Os caçadores devem ter ouvido o barulho”.

“Quando a raposa foi morta, peguei o drone de volta e corri para tentar pegar o corpo. Infelizmente, existem pântanos e riachos e eu não consegui chegar lá antes dos caçadores.
“Há uma estrada atrás do campo, correndo perpendicularmente ao local onde a raposa foi morta e caçadores ficavam indo e vindo por ela o dia todo. Eles estavam rindo quando a raposa foi morta e depois”.

“O que precisa acontecer é que a Lei de Caça precisa ser fortalecida. As caçadas continuam acontecendo normalmente mesmo sendo proibidas”.

“A lei precisa ser aplicada. Mesmo sendo tão fraca”.

Em resposta às imagens que mostram o corpo da raposa despedaçada, os apoiadores on-line dos ativistas classificaram os caçadores de raposas como “doentes” e “desumanos”.

Elaine Parkinson disse: “Isso tem que parar. É desumano, cruel, bárbaro, distorcido e doente demais. Estou com o coração partido de ver esse animal tratado de maneira tão abominável”.

“Eu realmente não sei como as pessoas podem fazer isso.”

John Radley disse: “Espero sinceramente que os responsáveis sejam levados à justiça, mas, infelizmente, duvido que isso aconteça”.

Perry Linzi disse: “Essas cenas me fazem sentir fisicamente doente assistindo isso. Vocês fazem um trabalho incrível. Sinto muito que essa pobre alma não possa ser salva, mas peço que continuem com seu trabalho excepecional pelos animais”.

Um porta-voz de East Sussex e Romney Marsh Hunt (Asscoiação de Caça) disse que eles estavam em uma caçada no sábado na área, mas alegaram que ninguém estava ciente de seus cães pegando uma raposa.

Ele disse que eles tinham mais de 40 cães de caça, mas sugeriu que alguns de seus cães haviam se “desviado” – embora apontassem que não tinham homens terrier.

Um porta-voz de East Sussex e Romney Marsh Hunt disse: “Tudo isso é novidade para mim. Tínhamos 40 cães de caça o dia todo, então se algo aconteceu, não estou sabendo de nada”

“Eles podem ter se desviado por alguns minutos e foi isso que aconteceu. Eu realmente não sei”.

“Não acredito eles estavam rindo pois ninguém sabia que os cães haviam pego uma raposa”.

“Estávamos caçando o dia todo e tínhamos mais de 40 cães de caça. Obviamente, são alguns cães que se desviaram”.

“Não temos caçadores de raposas. A primeira vez que eu ouço sobre uma raposa sendo capturada morta é agora”.

Um porta-voz da polícia de Sussex disse: “A polícia recebeu uma denúncia de caça de raposas em Guldeford, perto de Rye, às 14h09 no sábado (9 de novembro). Oficiais foram destacados para o local”.

“Um vídeo já foi fornecido e o assunto será investigado.”

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AVANÇO

COMPORTAMENTO

'SAVE RALPH'

ÍNDIA

REVOLTA

AÇÃO SOCIAL

MÉXICO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>