Direitos animais

Moby faz tatuagem em homenagem aos seus 32 anos como vegano

Ativista pelos direitos animais, o músico quis marcar na pele seu amor pela causa e celebrar suas mais de três décadas sem comer nenhum alimento de origem animal

Foto: Instagram/Moby
Foto: Instagram/Moby

O músico Moby compartilhou uma foto de sua última tatuagem no Instagram, revelando que ele tatuou as palavras “direitos animais” em seus braços.

O produtor e ativista pelos direitos animais explicou na legenda do post que decidiu fazer uma tatuagem ousada em comemoração ao seu 32º ano como vegano.

“Como novembro é meu aniversário vegano de 32 anos, pensei em fazer uma tatuagem (bem, tecnicamente 12 tatuagens, uma para cada letra) para comemorar”, escreveu ele.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

“Sou ativista pelos direitos animais e vegano por muitas razões mas, em última análise, porque acredito no fundo do meu ser que todo animal tem o direito de viver sua própria vida, de acordo com sua própria vontade”.

As tatuagens marcantes provocaram uma reação muito divergente entre os usuários do Instagram, alguns dos quais expressaram sua admiração por Moby e outros demonstraram incredulidade.

“Amo sua música Moby e respeito suas opiniões, mas isso é um exagero. Parece ridículo”, comentou uma pessoa embaixo do post.

“Como vegano eu digo: ‘Moby, isso parece estúpido!’”, escreveu outro.

“Adorei!! Obrigado por sempre se manifestar pelos animais”, afirmou um usuário do Instagram expressando admiração.

“Os animais têm muita sorte de ter você ao lado deles para fazer a diferença diariamente”, comentou a organização de direitos animais People for the Ethical Treatment of Animals (Peta).

No início deste ano, Moby revelou que ele tatuou a frase “Vegan For Life”(Vegano Para a Vida Toda) na lateral do pescoço.

O músico disse que fazer a tatuagem “parecia uma aposta bastante segura”, considerando que ele é vegano há mais de três décadas.

As tatuagens de Moby com inspiração vegana foram feitas pela tatuadora Kat Von D.

O músico é um ativista apaixonado pelos direitos animais, tendo descrito anteriormente seu ativismo em prol da causa como um “trabalho diário”.

No início deste ano, o músico provocou polêmica quando alegou em suas memórias que namorou brevemente a atriz Natalie Portman aos 20 anos, alegação que ela negou.

Em uma entrevista subsequente ao Harper’s Bazaar UK, Portman afirmou que Moby agiu de uma maneira “assustadora” em relação a ela quando “acabou de terminar o ensino médio”.

Moby mais tarde emitiu um pedido de desculpas público a Portman, afirmando: “Eu odeio o fato de que eu possa ter causado a ela e a sua família qualquer desconforto”.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui