Cachorrinha jogada em lago presa dentro de uma gaiola é salva e se recupera completamente


Foto: News-gazette
Foto: News-gazette

A filhote de oito meses que foi resgatada do Lago Kaufman, no estado de Illinois, Estados Unidos, no dia 9 de novembro, compareceu a uma coletiva de imprensa e balançou a cauda com entusiasmo para as câmeras.

A cachorrinha, que foi atendida pelos veterinários da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de Illinois e chamada de Poppy, não se incomodou nem um pouco com toda a atenção que recebeu. “Embora suas feridas fossem claramente visíveis de cima a baixo, ela não demonstrou estar sofrendo nenhum efeito mental ou emocional do abuso”, disse  a veterinária Meghan Fick.

“Ela está animada, feliz, está comendo, abana o rabo, lambe o rosto dos humanos, pede petiscos”, disse Fick. “Ela se sente bem, mesmo com todos os seus problemas de pele. A filhote é tão resiliente que não se abalou pelo que fizeram a ela e só quer estar perto das pessoas”.

Foto: Mirror UK
Foto: Mirror UK

“Ela quer sentar no seu colo, lamber as mãos e ganhar guloseimas. Ela está pronta para seguir em frente e não nutre nenhum sentimento ruim e trauma”.

Poppy foi resgatada no sábado à tarde pelo professor de ciências da Next Generation School, Bryant Fritz, que a encontrou em uma jaula submersa na água.

Fritz conta que largou tudo, tirou o agasalho de moletom e entrou na água correndo para arrastá-la para fora do lago.

Quando ela chegou à clínica veterinária, sua temperatura estava tão baixa que não foi registrada no termômetro e ela mal se mexia.

Os veterinários rapidamente começaram a agir para aquecê-la e tratar suas feridas.

Foto: Mirror UK
Foto: Mirror UK

“Eu me preocupei com o quão fria ela estava e o tempo em que ela permaneceu na água gelada. Se ela tivesse ficado lá por muito mais tempo, talvez não tivéssemos a mesma sorte que temos agora”, disse Fick. “Acho que aquecê-la e colocar um pouco de comida na barriga ajudou a trazer o filhote de volta à vida”.

Foi criada uma campanha do GoFundMe (site de arrecadação de fundos) com uma meta de 5 mil dólares para ajudar Fritz com as despesas e os cuidados médicos da cachorrinha. Poppy recebeu alta na segunda-feira (11) e está aos cuidados do departamento responsável por animais em situação de rua do estado.

A cachorrinha permanecerá no departamento de controle de animais até que o responsável pelo crime seja encontrado. A polícia da cidade de Champaign, investiga quem a deixou em uma gaiola no lago. Fick espera que ela não fique lá por muito tempo.

“Para o bem dela, ela merece estar em uma casa com uma família o mais rápido possível”, disse ela.

Fritz espera que o lar seja o dele. Ele escreveu na página do GoFundMe que preencheu a papelada para informar que “queria dar a ela um lar amoroso”.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ÓRFÃO

ARTIGO

DESACATO

GENTILEZA

DOR E SOFRIMENTO

EDUCAÇÃO

BENEFÍCIOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>