Tartaruga de 420 kg é encontrada morta em praia de Búzios (RJ)


O animal marinho tinha entre 40 e 50 anos. O corpo será submetido à necrópsia


Uma tartaruga-de-couro de 420 kg foi encontrada morta no domingo (3) na Praia de João Fernandes, em Armação dos Búzios, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Foto: Nazarena Gutierrez/Arquivo pessoal

O comandante da Guarda Marítima Ambiental, Anderson Torres, informou ao G1 que o animal tinha entre 40 e 50 anos.

O corpo foi levado para um centro do CTA em Araruama e será submetido à necrópsia.

Uma moradora de Búzios flagrou o momento em que o corpo era retirado da praia. Nazarena Gutierrez ficou surpresa com o tamanho do animal.

Foto: Nazarena Gutierrez/Arquivo pessoal

“Quando vi o carro do CTA fui perguntar se eles vinham soltar algum bichinho e eles falaram que não, que iriam pegar. Da areia, parecia que estavam trazendo uma pessoa boiando na água, muito grande”, contou ao G1.

O biólogo marinho Vinicius Santos explicou que as tartarugas-de-couro são encontradas nos oceanos tropicais.

“Ela é chamada de espécie rara porque você não acha ela com tanta facilidade iguais as outras aqui na região”, contou.

Foto: Nazarena Gutierrez/Arquivo pessoal

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

TAILÂNDIA

ESTUPIDEZ HUMANA

POLUIÇÃO

AUSTRÁLIA

ÓRFÃO

MALDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>