Policiais são acusados de atropelar e atirar em cães em Araquari (SC)


Moradores de uma comunidade de Araquari e uma ONG de proteção animal afirmam que os policiais agiram com violência. O caso será denunciado ao Ministério Público


Moradores de Araquari, em Santa Catarina, acusam policiais militares de atropelar e atirar em dois cachorros da raça pit bull em uma comunidade da cidade. O caso teria acontecido no sábado (2).

Reprodução/NSC Total

Relatos indicam que os policiais teriam sido acionados para controlar os cães, que estavam soltos e haviam brigado com um cão menor, levando-o à morte. No entanto, a postura que os policiais teriam tomado indignou os moradores.

As testemunhas afirmam que os policiais usaram a viatura para atropelar um dos cães e que os agentes atiraram nos animais. Depois disso, eles teriam ido embora, deixando os cachorros agonizando no local. De acordo com os relatos, a fêmea ficou se arrastando no chão, sem o movimento das patas traseiras.

O tutor dos cães, o motoboy Yohan Eufrasio, afirmou à NSC TV que os cães, que têm oito meses, estavam em um canil e fugiram. Eles foram socorridos e estão internados em uma clínica veterinária. Um deles ficou paraplégico.

Uma moradora da região, que preferiu não ser identificada, afirmou que os cachorros não são agressivos e que não estavam mordendo pessoas. Segundo ela, os animais brigavam apenas com outros cães e uma vizinha havia, inclusive, conseguido levar os dois para dentro de casa para prendê-los. Ela contou ainda que uma criança fez carinho nos animais antes dos policiais chegarem.

Everson de Oliveira, presidente da ONG de proteção animal “CADA”, repudiou a atitude dos policiais e informou que irá acionar o Ministério Público.

Para o comandante da 2ª Cia. do 27º Batalhão da Polícia Militar, Luís Antônio Bordim, foi necessário atirar nos animais. Segundo ele, o Corpo de Bombeiros foi chamado para socorrer os cães e os policiais esperaram a chegada da equipe de resgate.

“Os detalhes serão apurados em procedimento interno, com as informações de como aconteceu realmente. A informação que chegou para nós é que os bombeiros chegaram até o local e fizeram o atendimento do cão e que só então a guarnição foi embora”, informou.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AGRESSÃO BRUTAL

INDÚSTRIA CRUEL

ECONOMIA

AMEAÇA DE EXTINÇÃO

ACIDENTE

CRUELDADE

TECNOLOGIA

DESUMANIDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>