Visitação a Abrolhos é suspensa por três dias após chegada de óleo


A suspensão foi determinada para minimizar danos à saúde dos turistas e não prejudicar as ações de prevenção, controle e remoção do óleo da região


Após a chegada de óleo no Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, a visitação ao local foi suspensa por três dias. A suspensão foi determinada no domingo (3) pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) para minimizar danos à saúde dos turistas e não prejudicar a prevenção, o controle e a remoção do óleo.

Foto: Marinha

Caso o óleo avance, a suspensão das visitas poderá durar mais dias. As informações são da revista Fórum.

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, sobrevoou a região no domingo e afirmou ao jornal Folha de S. Paulo, em passagem a Porto Seguro (BA), que “não tem bola de cristal” para estimar o volume e a dinâmica do vazamento do óleo.

“É um óleo difícil, que vem a meia água. O radar não pega, o sonar não pega, o satélite não pega. A gente tem uma visualização dele quando chega na água. É difícil, a gente não tem uma bola de cristal em relação a isso”, respondeu Silva ao ser questionado sobre a possibilidade de novas manchas surgirem.

Mais de mil espécies de plantas e animais vivem no arquipélago de Abrolhos, assim como parte dos principais bancos de corais do Brasil. A região é, também, berçário das baleias-jubarte.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ARTIGO

DESACATO

GENTILEZA

DOR E SOFRIMENTO

COMPORTAMENTO

BENEFÍCIOS

CRUELDADE

SENCIÊNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>