Ato cruel

Wombat é perseguido e atropelado por motorista em pista de corridas

Após chamar o animal indefeso de “idiota fracote” e atropelá-lo o agressor ainda o atinge com um soco exibindo a mão cheia de sangue para a câmera

Imagem ilustrativa | Foto: David Mariuz/EPA
Imagem ilustrativa | Foto: David Mariuz/EPA

Um vídeo perturbador divulgado na rede social Snapchat mostra um wombat (marsupial endêmico da Austrália) sendo perseguido e atropelado por um motorista em uma pista de corrida na Tasmânia.

As imagens gravadas por um celular mostraram um jovem provocando o wombat depois que ele foi atingido pelo um veículo dirigido por ele (um modelo grande e tração nas quatro rodas) na pista de corridas Baskerville Raceway, em Hobart, na noite de sábado (12).

O animal pode ser visto pendurado no para-choque do carro e a frente do veículo coberta de sangue.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

O ataque ocorre em seguida de outra agressão envolvendo um animal da mesma espécie, onde um policial foi filmado rindo enquanto apedrejava o wombat até a morte no sul da Austrália no início deste mês.

Um homem no vídeo pode ser ouvido dizendo: “Acabei de dar um soco no traseiro do wombat, esse idiota fracote”.

O agressor então mostra a mão com sangue nas articulações.

O diretor do Santuário de Animais Selvagens, Bonorong Wildlife Sanctuary, Greg Irons, disse que ficou sem palavras depois de assistir ao vídeo na terça-feira (15).

“Você pega esses assassinos cruéis e desumanos como esse cara que vimos no vídeo, que são capazes de qualquer coisa para obter alguma notoriedade, querendo bancar tipo de imagem de durão, é nojento”, disse ele à ABC.

“Não há nada de durão nisso, você é o mais fraco dos fracos, ferir um animal que não pode se defender é covardia e 99,9% da comunidade concordaria comigo”, disse ele.
O vídeo foi compartilhado com um grupo da comunidade no Facebook, onde várias pessoas expressaram sua indignação.

Wombat | Foto: MLHARING/ISTOCKPHOTO
Wombat | Foto: MLHARING/ISTOCKPHOTO

“Há muita gente realmente chateada por aqui”, disse o administrador de uma página da comunidade ao 7NEWS.com.au.

Um porta-voz do Departamento de Indústrias Primárias, Parques, Água e Meio Ambiente disse ao Daily Mail Australia que o vídeo está sendo investigado.

“O Departamento está atualmente investigando um vídeo que está circulando nas mídias sociais em que um indivíduo é filmado causou danos a um wombat”, disse o porta-voz.

“O dano deliberado a qualquer fauna silvestre é completamente inaceitável, e todos os relatórios são consideradas agressões extremamente sérias pelo Departamento.”

O vídeo surgiu na esteira de outro ataque onde o policial Waylon Johncock, residente do sul da Austrália, foi filmado atirando pedras repetidamente em um wombat na Península de Eyre, no sul da Austrália.

Johncock, que estava de folga na época, foi visto perseguindo o animal indefeso enquanto um companheiro ria e filmava a agressão de um carro.

O homem que dirigia atrás de Johncock disse-lhe para “se aproximar ao máximo” antes que o policial pegasse uma pedra e a arremessasse contra o animal enquanto ele tentava fugir. O animal foi resgatado mas não resistiu aos ferimentos.

Johncock esta sob investigação da polícia, mais de 300 mil pessoas assinaram uma petição on-line pedindo que o policial fosse punido e exigindo uma revisão da lei de proteção à fauna silvestre com penas mais severas.

Foto: Facebook
Foto: Facebook

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui