Ursa Xuxa será transferida de Sergipe para santuário no interior de SP

Foto: Divulgação/ Fazenda Reserva Boa Luz

A ursa Xuxa, que vive em uma reserva em Sergipe desde 2010, quando foi doada por um circo, será transferida para o santuário Rancho dos Gnomos, em Joanópolis (SP). Ela viverá no recinto que era de Rowena, ursa que morreu em julho e ficou conhecida, antes de ser levada ao santuário, como a “mais triste do mundo” devido a seu histórico de exploração e maus-tratos.

Foto: Divulgação/ Fazenda Reserva Boa Luz

Atualmente, o local abriga Verrú e Mizar, retirados de um zoológico no Ceará e levados para Joanópolis em agosto.

Como o aeroporto de Aracajú (SE) não recebe aeronaves que comporte uma caixa de transporte do tamanho necessário para levar um urso, Xuxa iniciará sua viagem aérea em Salvador (BA). Segundo informações do G1, o avião deve partir neste domingo (6).

A expectativa é de que a soltura da ursa seja feita na segunda-feira (7). A partir de então, ela poderá desfrutar de um recinto com caverna privativa, piscina, cama de feno e alimentação adequada. No santuário, o animal viverá em uma região com temperatura mais adequada à espécie, que necessita de climas amenos.

A ideia do santuário era levar para Joanópolis primeiro o urso Xande e, depois, Xuxa. No entanto, o urso de 38 anos acabou morrendo na última quinta-feira (3) em decorrência de uma insuficiência respiratória e, por isso, os planos foram alterados.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui