Crime

Serial killer de animais faz mais duas vítimas na Austrália

Os wallabies foram encontrados severamente espancados e sem as cabeças próximo a um subúrbio de Sidney. A população está revoltada e pede justiça.

Foto: Daily Mail
Foto: Daily Mail

Autoridades australianas têm evidências para acreditar que um serial killer de animais está à solta na região, dois wallabies (marsupiais da mesma família dos cangurus) foram encontrados decapitados só nos últimos dez dias, e são apenas as duas últimas, seguindo uma série de atrocidades envolvendo crueldade contra animais na área nos últimos 18 meses.

As horríveis descobertas chocaram os moradores e as autoridades da vida selvagem. Os animais adultos do sexo masculinos foram encontrados brutalmente espancados e sem cabeça no subúrbio de Appin, em Sydney, segundo o The Daily Telegraph.

O coordenador de macrópodes do Serviço Metropolitano de Vida Selvagem de Sydney, Jamie Illistrom, tem gerenciado os terríveis incidentes.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

“A maioria das pessoas tem medo de ser um serial killer em desenvolvimento agindo na região. Há muita raiva e revolta entre a população no momento. É simplesmente horrível. Só não entendo o porquê, apenas por quê?”, disse o especialista.

Foto: Daily Mail
Foto: Daily Mail

A polícia foi notificada da terrível descoberta.

“Este parece ser o trabalho de um criminoso em série e é importante que essas pessoas sejam levadas em à justiça e punidas por esses crimes”, disse um porta-voz do deputado estadual Nathaniel Smith, de Wollondilly.

“Às vezes, um criminoso em série nesses incidentes pode se transformar em autor de crimes mais graves. Apoiamos fortemente qualquer ação que a polícia esteja tomando”.

Illistom lembrou à comunidade que estava vigilante e atento em relação aos animais.

Foto: AAP/Image
Foto: AAP/Image

Ele pede a união da comunidade e colaboração de todos e qualquer animal ferido encontrado o Serviço Metropolitano de Vida Selvagem de Sydney deve ser alertado imediatamente.

A polícia local continua investigando os incidentes.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui