Fenômeno comum

Pinguins são encontrados mortos no litoral do Rio Grande do Sul

Pixabay

Pinguins foram encontrados mortos no litoral do Rio Grande do Sul. Na quinta-feira (10), dois animais da espécie foram localizados, já sem vida, pela vendedora Daniela Schwalm Abade, de 38 anos. No dia anterior, outros cinco pinguins mortos foram encontrados por ela.

Pixabay

De acordo com o Centro de Estudos Costeiros, Limnológicos e Marinhos (Ceclimar), trata-se de um fenômeno comum. Durante monitoramento, equipes já encontraram 200 pinguins mortos entre Tramandaí e Dunas Altas.

“Ainda estamos sob a influência da corrente das Malvinas, então vários pinguins juvenis acabam se deslocando até o nosso litoral em busca de comida. Mas muitos acabam não conseguindo vencer a seleção natural”, explicou ao GaúchaZH o professor do Ceclimar, Ignacio Moreno.

De acordo com ele, os pinguins morrem por doenças características da espécie, também pelo contato com poluição, especialmente com o plástico, e por ferimentos causados por redes de pesca.

“Todos os anos, aqui no nosso litoral, a mortalidade é relativamente grande. Provavelmente, alguns animais serão coletados para pesquisa. Mas, aparentemente, está tudo dentro da normalidade”, concluiu.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui