Ajuda

Paróquia arrecada doações para manter cães de padre assassinado no DF

Reprodução/Metrópoles

A Paróquia Santa Rita de Cássia, no Distrito Federal, está arrecadando doações para construir um canil e arcar com os gastos da ração dos cães do padre Kazimerz Wojno, conhecido como padre Casemiro, que foi assassinado durante um latrocínio. O crime aconteceu no dia 22 de setembro na Paróquia Nossa Senhora da Saúde, na qual os cães viviam.

Reprodução/Metrópoles

O padre Iran Preusse, da Paróquia Santa Rita, disse que a igreja pede também o apoio de “ONGs que possam ajudar com a castração, porque são muitos e não passaram pelo procedimento”.

Atualmente, dois filhotes e quatro adultos estavam na igreja do padre Casemiro quando o sacerdote foi morto. “Nos primeiros dias, eles estavam muito tristes, chegaram muito assustados. Estão se adaptando agora à nossa casa”, contou ao portal Metrópoles.

O padre, que já tutelava outros cães, ficou com Tigre, Polga e Pretinha, como foram batizados por Casemiro os cachorros adultos, e dois filhotes, que receberam os nomes de Apolo e Zeus. Outro cão adulto também será adotado por ele.

“Eu tinha cachorros abandonados na minha porta e peguei todos. Quando mudei para a igreja, eles vieram comigo. Ao todo, são 11”, disse.

O padre Casemiro era tutor de dez cães. Desses, quatro ficaram com o padre João Firmino, da Arquidiocese de Brasília.

“Estou com quatro cachorros dele: três filhotes, sendo uma fêmea e dois machos, e uma fêmea grande”, disse Firmino. “Tenho mais dois em casa e, como o espaço é grande e tem sempre gente em casa, adaptar se tornou mais fácil. Pelo que conheci, a raça também gosta de ambiente familiar”, completou.

Reprodução/Metrópoles

De acordo com Preusse, doações já começaram a chegar, mas ainda não são suficientes. “Já tiveram duas pessoas que levaram ração. Por enquanto, não é uma campanha física, mas temos pessoas nos ajudando ao saber da história, e toda ajuda é bem-vinda”, concluiu.

Interessados em ajudar devem entrar em contato com a secretaria da Paróquia Santa Rita de Cássia através do telefone (61) 3242-6574.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui