Papa diz que causa dos incêndios na Amazônia são os ‘novos colonialismos’

Foto: Tiziana Fabi/AFP

O pontífice afirmou que a Amazônia precisa do “fogo do amor de Deus”, não do fogo “que vem do mundo” e “devora povos e culturas”


O Papa Francisco afirmou, durante a homilia de abertura do Sínodo em defesa da Amazônia, que os “novos colonialismos” são as causas dos incêndios registrados na floresta.

Foto: Tiziana Fabi/AFP

Segundo ele, os novos colonialismos “querem avançar apenas suas próprias ideias e queimar o diferente para padronizar tudo e todos”.

“O fogo aplicado pelos interesses que destroem, como o que devastou recentemente a Amazônia, não é o do Evangelho”, afirmou o Papa. “Quantas vezes o dom de Deus não foi oferecido, mas imposto, quantas vezes houve colonização em vez de evangelização”, completou.

Em 2018, o Papa visitou a floresta amazônica, pela qual ele tem lutado em prol de sua preservação. “Deus nos proteja da ganância dos novos colonialismos”, disse o pontífice, que afirmou ainda que a Amazônia precisa do “fogo do amor de Deus”, não do fogo “que vem do mundo” e “devora povos e culturas”.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui