Amizade sem fronteiras

Nenhum cachorro queria brincar com o cachorrinho cego até ele conhecer seu melhor amigo

Com sua intensidade e afobação, talvez para compensar a falta da visão, Linguini não conseguia ter um amigo cachorro que brincasse com ele, mas sua tutora achou a reposta certa para todas as ansiedades de seu companheiro canino: adotou Future

Linguine e seu irmão Future | Foto: Sarah Bowley
Linguine e seu irmão Future | Foto: Sarah Bowley

Quando a família de Linguini o trouxe para casa, eles não tinham ideia de que ele era cego. O cachorrinho era tão confiante e social que eles pensaram que ele era apenas um filhote desajeitado que ocasionalmente esbarrava nas coisas. Quando descobriram a verdade, ficaram definitivamente surpresos, e o próprio Linguini ainda não parecia perceber que era diferente de qualquer outro cachorro.

“A maioria das pessoas, incluindo alguns veterinários, nunca imaginaria que ele é cego, pois ele é tão adaptável ao ambiente e inteligente na forma como se direciona e caminha pelo ambiente”, disse Sarah Bowley, tutora de Linguini, ao The Dodo. “Ele nunca deixou que isso o impedisse de correr ou brincar e faz tudo o que os outros cães que vivem em casa fazem. De fato, ele pode ser o mais corajoso de todos eles!”.

Linguini é um cão muito social que adora conhecer novas pessoas e fazer amigos. Ele fica tão empolgado toda vez que encontra um novo cachorro para brincar mas, infelizmente, às vezes sua intensa emoção é demais para os outros cães.

Linguine | Foto: Sarah Bowley
Linguine | Foto: Sarah Bowley

“Ele não pode vê-los e, quando finalmente percebe que eles estão lá ele fica fora de si de tanta emoção”, disse Bowley. “Acho que isso os surpreende ou assusta quando ele de repente percebe que há um amigo por perto e começa a pular sobre eles e tentar brincar a todo custo. Por ser cego, mas também muito cheio de energia, ele tende a pular com as patas estendidas e acho que é um pouco demais para os outros cães no primeiro encontro”.

Devido a suas intensas reações a outros cães, Linguini frequentemente se via frustrado quando tentava fazer amigos. Outros cães nunca pareciam querer brincar com ele, até que ele conheceu seu novo irmão, Future.

Linguine e Future | Foto: Sarah Bowley
Linguine e Future | Foto: Sarah Bowley

Assim que a família de Linguini trouxe Future para casa, eles perceberam que ele era especial. O cachorrinho se mostrou incrivelmente inteligente e emocional e parecia capaz de detectar as necessidades de todos ao seu redor. Sua família esperava que ele pudesse ser o amigo perfeito para Linguini, e acontece que eles estavam absolutamente certos. Desde o momento em que se conheceram, Linguini e Future se tornaram instantaneamente os melhores amigos.

“Eles se conectaram imediatamente e começaram a brincar como loucos, do jeito que você espera que os filhotes brinquem entre si”, disse Bowley. “Foi incrível assistir àquela cena, percebi que Linguini nunca realmente brincava assim com outros cães, pois eles sempre pareciam um pouco desconfortáveis com ele ou ele era muito enérgico para eles. Future, no entanto, correspondia perfeitamente à energia de Linguini e era como se os dois tivessem se conhecido a vida toda”.

Linguine e Future | Foto: Sarah Bowley
Linguine e Future | Foto: Sarah Bowley

Agora, Linguini e Future estão sempre juntos. Eles brincam juntos por horas e adoram perseguir um ao outro em círculos pela casa até não poderem mais correr. Eles tiram uma soneca juntos e relaxam no sofá até recuperarem energia suficiente e estarem prontos para continuar se perseguindo. Como Linguini é cego, ele aprendeu a seguir as dicas de Future e muitas vezes ele imita seu comportamento. Future parece saber que Linguini é cego e o ajuda sempre que pode, mas também não o trata de maneira diferente, exatamente o que Linguini sempre quis.

“Future parece ter uma compreensão inata de Linguini de uma maneira que outros cães não têm”, disse Bowley. “Você pode dizer quando está perto deles que Future sabe que Linguini é cego, mas que ele realmente não se importa – ele só gosta de Linguini por quem ele é. Future brinca com ele da mesma maneira que qualquer outro cachorro e espera pacientemente que Linguini o encontre quando ele começa o jogo. Essa é de longe a melhor coisa que poderia acontecer para Linguini, pois ele não se vê de maneira diferente e só quer brincar como os outros cães”.

Linguine e Future | Foto: Sarah Bowley
Linguine e Future | Foto: Sarah Bowley

Antes de Linguini conhecer Future, tudo o que ele realmente queria era encontrar um amigo que brincasse com ele. Agora ele e Future são inseparáveis e não deixam nada atrapalhar sua amizade.

“Penso que, para Linguini, Future solidificou essa ideia de que ele é como qualquer outro cachorro”, disse satisfeita a tutora dos dois cães.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui