“Bucking Tradition”

Filme sobre crueldade nos rodeios vence festival no Canadá

Dirigido por Sharon M. Boeckle, “Bucking Tradition” levou o prêmio de Melhor Filme e Melhor Filme de Bem-Estar Animal em disputa com filmes de 13 países

Um dos jurados do festival disse que muitas vezes chamamos a atenção para a crueldade nas touradas, mas ignoramos a brutalidade dos circuitos de rodeios que estão tão próximos de nós (Acervo: Observer)
Um dos jurados do festival disse que muitas vezes chamamos a atenção para a crueldade nas touradas, mas ignoramos a brutalidade dos circuitos de rodeios que estão tão próximos de nós (Acervo: Observer)

Um filme sobre a crueldade nos rodeios venceu o Ottawa International Vegan Film Festival (OIVFF), no Canadá, no final de semana. Dirigido por Sharon M. Boeckle, “Bucking Tradition” levou o prêmio de Melhor Filme e Melhor Filme de Bem-Estar Animal em disputa com filmes de 13 países.

Um dos jurados do festival, Jim Amos, disse que muitas vezes chamamos a atenção para a crueldade nas touradas, mas ignoramos a brutalidade dos circuitos de rodeios que estão tão próximos de nós.

“Bucking Tradition [dos EUA] fez um trabalho magistral ao descrever os ferimentos irreparáveis ​​sofridos por touros e bezerros em centenas desses eventos todos os anos, tudo em nome de uma das últimas tradições remanescentes do oeste americano”, lamentou.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Sharon M. Boeckle defende que o que legitima a prática do rodeio é o seu status de “suposto esporte” associado ao romantismo da cultura ocidental nos Estados Unidos. Em breve, o filme deve chegar às plataformas digitais.

Enquanto a violência contra animais nos rodeios é um tema crescente em discussão no mundo todo, na semana passada o Senado brasileiro aprovou o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 108/2018, de autoria do deputado Capitão Augusto (PL-SP), que cria o Dia Nacional do Rodeio, a ser celebrado no dia 4 de outubro, data em que se comemora o Dia Mundial dos Animais e o Dia de São Francisco de Assis.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui