Exploração animal

China revela que panda enviado a zoo na Tailândia morreu de ataque cardíaco

Chuang Chuang (Foto: Pornchai Kittiwongsakul / STF)

Internautas levantaram circunstâncias suspeitas da morte e criticaram o zoológico por oferecer ao animal bambu maduro


Especialistas tailandeses afirmaram que Chuang Chuang, um panda de 19 anos, morreu no dia 16 de setembro em um zoológico em Chiang Mai, na Tailândia, por conta de um ataque cardíaco. O animal dividia o recinto com Lin Hui, uma fêmea.

Chuang Chuang (Foto: Pornchai Kittiwongsakul / STF)

As causas da morte foram confirmadas por especialistas que estiveram na Tailândia para apurar o caso. As informações são da agência AFP.

Tratado como um objeto a serviço dos interesses humanos, Chuang Chuang foi enviado ao zoológico tailandês pela cidade chinesa de Chengdu por meio da chamada “diplomacia do panda” de Pequim, por meio da qual animais da espécie são enviados a países aliados. Chuang Chuang deveria ser devolvido em 2023.

No Weibo, rede social mais popular da China, a morte do panda se tornou o assunto principal. Internautas levantaram circunstâncias suspeitas da morte e criticaram o zoológico por oferecer ao animal bambu maduro, geralmente mais duro e usado em móveis – não se sabe ao certo, porém, se as fotos compartilhadas eram realmente do panda que morreu.

Um exame de necrópsia levou um grupo de especialistas tailandeses e chineses a concluir que o animal não sofreu traumas e que não tinham corpos estranhos em sua traqueia, conforme informou a Administração Nacional de Florestas e Pastagens.

Pela rede social Weibo, o órgão afirmou que a causa da morte foi “um ataque agudo de insuficiência cardíaca crônica” que fez o animal ficar sem oxigênio.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui