Segunda Chance

Cachorro traumatizado passa seus dias olhando para a parede em abrigo

Romeo ficou tão triste ao chegar em seu canil e perceber que estava sozinho e sem sua família que perdeu totalmente a vontade de viver, porém sua história estava prestes a mudar

Foto: Second Chance Rescue NYC Dogs
Foto: Second Chance Rescue NYC Dogs

Ninguém precisa dizer a um cachorro quando sua vida está terrivelmente errada. Quando Romeu chegou ao movimentado abrigo em Nova York, Estados Unidos, essa realidade ficou dolorosamente óbvia para ele.

Há uma abundância de barulhos e cheiros estranhos. E, o mais importante, a súbita ausência do que ele veio a conhecer como família.

Não é de admirar que tantos cães que pareciam cheios de vida fiquem completamente arrasados e tristes em um abrigo. Para Romeo, um cão sem raça definida mistura de pit bull, de 7 anos de idade, não foi exceção.

Foto: Second Chance Rescue NYC Dogs
Foto: Second Chance Rescue NYC Dogs

“Por dois dias seguidos, ele se recusou a levantar a cabeça da borda do canil. Na verdade, ele não mexeu sequer um músculo”, escreveu o Second Chance Rescue NYC Dogs em um post no Facebook.

É claro que não foi culpa de Romeu que ele acabou se tornando mais um número em um abrigo. Ele já havia rodado bastante por aí.

“Ele foi dado a um amigo da família que o manteve por dois meses, mas eles não tinham tempo para ele”, disse Kelcy Kimmerer, do Second Chance, ao The Dodo.

Foto: Second Chance Rescue NYC Dogs
Foto: Second Chance Rescue NYC Dogs

Mas, assim como o relógio girava incessantemente, um dia a porta do canil também se moveu para Romeo e finalmente se abriu.

Fazendo jus ao seu nome, o Second Chance Rescue NYC Dogs (Segunda chance para Cães Resgatados em Nova Yorque) o arrastou para fora dali. Foi o único grupo de resgate que se aproximou para salvar o cachorro traumatizado. E logo Romeo foi colocado em um lar temporário com uma família amorosa.

Por um tempo, as coisas tomaram um rumo decididamente para melhor. Na companhia da família, Romeu voltou a sorrir.

Foto: Second Chance Rescue NYC Dogs
Foto: Second Chance Rescue NYC Dogs

“Ele é extremamente gentil e amigável”, diz Kimmerer. “Ele precisa estar perto das pessoas para se sentir feliz”.

O cachorro que uma vez ficou entristecido em um canto frio do canil, de repente tinha esperança estampada por todo o rosto.

Mas a família adotiva não pôde mantê-lo por muito tempo. Kimmerer diz que não foi culpa de Romeo – “simplesmente não era uma boa opção para ele ficar naquela casa”.

Então ele foi devolvido ao resgate.

Foto: Second Chance Rescue NYC Dogs
Foto: Second Chance Rescue NYC Dogs

Romeu só precisava esperar mais um pouquinho de tempo. Ele já havia passado por muita coisa. O cachorrinho já realizou seu milagre ao escapar do corredor da morte. Agora ele precisava torná-lo duradouro.

E foi isso o que aconteceu, algum tempo depois Romeo foi adotado por uma família amorosa e ganhou até uma irmã cachorra: Porsha. Sua tutora Karen diz que ele não para mais de sorrir e mostra sua gratidão a cada minuto do dia.

O tempo em que passava seus dias encarando uma parede não passam de um passo distante e sombrio para Romeo hoje ele desfruta de dias felizes e cheios de amor ao lado de sua nova família.

Você também pode proporcionar um milagre a um animal. Não compre adote. Assim como Romeo há milhares de cães esperando por um lar em abrigos e Centros de Zoonoses. Cães não são produtos para serem comprados, a presença de um cachorro na vida de uma pessoa pode fazer toda a diferença.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui