Vítima da crueldade

Cachorrinha yorkshire idosa morre de traumatismo craniano após ter sido jogada em lixeira

A cachorrinha chamada de Pringles foi resgatada após pessoas ouvirem barulhos vindos da lata de lixo, mesmo internada e recebendo tratamento, ela não resistiu aos ferimentos

Foto: Pennsylvania SPCA
Foto: Pennsylvania SPCA

Uma cachorrinha idosa da raça yorkshire terrier morreu quatro dias depois de ter sido encontrada em uma lata de lixo na Filadélfia, Estados Unidos, com traumatismo craniano grave.

A Sociedade da Pensilvânia para a Prevenção da Crueldade aos Animais (SPCA) deu a notícia em um post comovente no Facebook compartilhado na segunda-feira (07), revelando que a “cachorrinha chamada Pringles não resistiu aos ferimentos, apesar dos imensos esforços empenhados para salvá-la”.

Pringles foi encontrada dentro de uma lata de lixo por uma pessoa que passava pela região na última quinta-feira (03), depois que o transeunte ouviu barulhos vindos de dentro da lixeiro, debaixo de montes de lixo acumulados.

A pessoa rapidamente chamou a Equipe de Controle e Cuidado com Animais da Filadélfia, e o cadelinha ferida foi transportada para a ONG SPCA local para atendimento.

Muitos moradores do estado ficaram comovidos e revoltados com a história, após sua divulgação pela mídia local.

Logo após Pringles ter sido encontrada, o diretor de operações e aplicação da lei na ONG SPCA da Pensilvânia divulgou um comunicado dizendo: “Nossa equipe no Shelter Hospital está fazendo todo o possível para salvar a vida de Pringles, que está em um estado muito delicado”.

A cachorrinha sofreu ferimentos graves e, em vez de procurar ajuda para ela, alguém a jogou fora como se ela fosse lixo. Graças a uma pessoa de bom coração que alertou as autoridades, ela pode ser resgatada. Esperamos dar a Pringles uma segunda chance na vida, ela merece”.

Foto: Pennsylvania SPCA
Foto: Pennsylvania SPCA

A organização não divulgou quanto tempo eles acreditavam que Pringles esteva dentro da lata de lixo antes que ela fosse encontrada.

Uma vaquinha online para arrecadar fundos para o tratamento da cachorrinha, foi posteriormente lançada no Facebook. Mais de 3 mil dólares foram levantados para Pringles.

No entanto, na segunda-feira, a organização anunciou que Pringles havia falecido.

A SPCA postou no Facebook: “Estamos muito abalados com o falecimento de Pringles, esperamos que todos encontrem conforto no fato de que ela não morreu em uma lata de lixo assustada e sozinha, mas em vez disso estava cercada de amor, o melhor tratamento médico disponível e o apoio de muitas pessoas que de comoveram com sua história pelo mundo todo”.

“Embora Pringles não esteja mais conosco, nossa luta para encontrar justiça para ela continua. Pringles foi descartada como um pedaço de lixo, mas lutou para ser encontrada, apesar de seus ferimentos. No pouco tempo que a conhecemos, ela conquistou o coração de muitos e seu espírito de luta nos encorajou a todos a acreditar que talvez um milagre fosse possível e ela se recuperasse. Não era para ser assim e, enquanto hoje lamentamos, continuaremos lutando por Pringles”, dizia o post.

A SPCA revelou que os tutores da cachorrinha foram identificados e que as acusações contra eles estão pendentes.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui