Extração de ouro ameaça golfinhos na Bacia Amazônica


Ilustração | Pixabay

Uma pesquisa realizada pelo World Wide Fund for Nature (WWF) expõe dados que apontam que golfinhos que circulam e vivem nas bacias amazônicas estão sendo contaminados com mercúrio, substância química usada para a extração de ouro. O estudo foi realizado no Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador e Peru.

Outro fator que impacta diretamente a sobrevivência da espécie, segundo reportagem do jornal O Globo, são a construção de represas e hidrelétricas, uma vez que estas obras obstruem o “fluxo natural de sedimentos e fertilizantes naturais da floresta”. Ao todo foram analisados 29 golfinhos.

Cientistas da Iniciativa Botos da Amazônia (Sardi, na sigla em inglês) iniciaram o estudo em 2017. Eles equiparam os golfinhos com transmissores que se soltaram sozinhos após oito meses. O objetivo inicial do estudo era conhecer os habitats e comportamento dos animais.

A pesquisa revelou também que golfinhos percorrem distâncias muito superiores as dos mamíferos terrestres como a onça. Eles circulam livremente entre os países e interagem em diversos habitats. O mapeamento concluiu que manter a saúde dos rios é fundamental para a sobrevivência da espécie.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

NOVO LAR

COMPAIXÃO

GANÂNCIA

CAMINHO OPOSTO

ÁFRICA DO SUL

ESTADOS UNIDOS

CRUELDADE

ESTUDO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>