Elefanta Ramba come folhagens em seu primeiro dia no santuário


A elefanta Ramba comeu folhagens em seu primeiro dia em seu novo lar, o Santuário de Elefantes, localizado na Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso.

Foto: Divulgação/SEB

O animal viajou 3.600 quilômetros, do Chile ao Brasil, para chegar ao santuário, onde está desde a sexta-feira (18).

De acordo com o presidente do santuário, Scott Blais, a elefanta demorou aproximadamente duas horas para sair da caixa onde foi transportada por conta do cansaço e da insegurança. Segundo ele, o trabalho com Ramba foi a experiência mais incrível que ele viveu em 32 anos de trabalho com elefantes.

“Foi uma longa estrada, mas muitas pessoas trabalharam juntas e deram suporte. É mágico ver todos juntos, tantas pessoas envolvidas fazendo a diferença. Podemos mudar a vida de muitos animais e de muitas pessoas quando todos fazem a sua parte”, disse ao G1.

A elefanta deve viver em um curral inicialmente até que esteja adaptada. Na próxima semana, ela será colocada na companhia de Maia e Rana, outras duas elefantas que vivem no local.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CRUELDADE

TECNOLOGIA

DESUMANIDADE

ACOLHIMENTO

EFICIÊNCIA

VIDAS PERDIDAS

DEDICAÇÃO

SOFRIMENTO EMOCIONAL

DOÇURA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>