Vida nova

Ramba chega nesta sexta a santuário de elefantes no Brasil

Elefanta Ramba, que tem entre 53 e 60 anos, passou cerca de 45 anos de sua vida explorada em circos

A vinda para o Brasil é pautada na preocupação em prolongar a vida de Ramba, que já não tem condições de suportar o rigoroso inverno chileno (Foto: Divulgação/Ibama)
A vinda para o Brasil é pautada na preocupação em prolongar a vida de Ramba, que já não tem condições de suportar o rigoroso inverno chileno (Foto: Divulgação/Ibama)

Nesta sexta-feira (18), a elefanta Ramba, que tem entre 53 e 60 anos, e passou cerca de 45 anos de sua vida explorada em circos, chega ao Santuário de Elefantes Brasil, na Chapada dos Guimarães (MT).

Segundo informações do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), desde 2012 ela era mantida em um zoológico no Chile, onde se recuperava dos maus-tratos sofridos ao longo de décadas.

Depois de viajar por quase seis horas em um Boeing 747, Ramba chegou ao Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), na quarta-feira (16), onde foi recepcionada por funcionários do Ibama, Receita Federal e Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro).

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Agora ela está sendo transportada em um caminhão com destino ao santuário de elefantes. A vinda de Ramba para o Brasil demorou por questões burocráticas – foram seis anos de tratativas envolvendo governos e organizações de bem-estar animal.

A vinda para o Brasil é pautada na preocupação em prolongar a vida de Ramba, que já não tem condições de suportar o rigoroso inverno chileno.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui