Companhia de laticínios perde milhões com a ascensão do leite à base de vegetais


Foto: Livekindly/Reprodução
Foto: Livekindly/Reprodução

Uma das maiores indústria de laticínios da Nova Zelândia, Fonterra, sofreu perdas recordes este ano, à medida que os consumidores mudam para alternativas livres de leite.

É o segundo ano consecutivo de perdas da empresa, segundo informações do Livekindly.

A cooperativa – que também é a maior empresa da Nova Zelândia e o maior exportador de laticínios do mundo – registrou um prejuízo líquido de 380 milhões de dólares.

Antes do anúncio formal, o Financial Times descreveu os últimos 18 meses da Fonterra como “desastrosos”, afetados por seu, já declarado, primeiro ano de perdas já registrado, renúncias internas e ativos supervalorizados em outros países, incluindo China e Brasil.

A ascensão do leite à base de vegetais na Nova Zelândia

Enquanto isso, o negócio de leite à base de vegetais da Nova Zelândia está crescendo cada vez mais. Segundo a empresa global de pesquisa de dados Mintel, as vendas de leite vegano cresceram 24% em 2017. Mais neozelandeses estão adotando hábitos alimentares flexitários. Mais de 263 mil neozelandeses dizem que são vegetarianos (sempre ou principalmente), um aumento de 27% em relação a 2013.

As vendas de laticínios tiveram um declínio semelhante ao ocorrido nos Estados Unidos. As vendas de leite vêm caindo constantemente desde meados da década de 1970. As vendas de leite à base de vegetais aumentaram 6% no ano passado, enquanto o leite de origem animal estagnou em 3%.

Foto: Livekindly/Reprodução
Foto: Livekindly/Reprodução

“O apetite do consumidor por alimentos à base de vegetais está aumentando à medida que os consumidores mudam cada vez mais para alimentos que correspondem aos seus valores éticos e desejam opções mais sustentáveis”, disse Caroline Bushnell, diretora associada de engajamento corporativo do Good Food Institute.

No início deste ano, a Fonterra lançou seu primeiro relatório de sustentabilidade em 16 anos. Nele, a cooperativa reconheceu que a pecuária leiteira tem um efeito prejudicial no planeta. As vacas emitem dióxido de carbono (CO2) e metano, um gás de efeito estufa aproximadamente 30 vezes mais potente que o CO2. A agricultura exige a limpeza de terras para plantio e pastagem, o que aumenta ainda mais o impacto ambiental da pecuária leiteira. Os incêndios na Amazônia estão ligados a essa prática.

“Esse crescimento continuará à medida que mais empresas levarem ao mercado inovações da próxima geração que realmente atendem ao fator mais importante da escolha do consumidor: o sabor”, acrescentou Bushnell.

Em maio passado, a Fonterra estava entre os vários de investidores de destaque – incluindo Bill Gates e Richard Branson – que postaram em uma nova startup de biotecnologia chamada Motif Ingredients. A empresa com sede em Boston usará a agricultura celular para criar proteína de leite “cultivada em laboratório” – proteína láctea produzida a partir de células de leite reais, sem o uso de fazendas industriais. A Fonterra admitiu que, na proporção em que a população está crescendo, não haverá recursos suficientes para sustentar a população mundial. A proteína livre de animais parece ser uma solução sustentável para o problema.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

HEROÍNA

FINAL FELIZ

PAUTA EMERGENCIAL

SOLIDARIEDADE

GESTO DE AMOR

TAILÂNDIA

ESTUPIDEZ HUMANA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>