Uma previsão indica que o setor de carne vegana na Austrália aumentará muito nos próximos anos, de acordo com a Food Frontier (Fronteira Alimentar). Uma pesquisa indica que os produtos vegetais gerarão 150 milhões de dólares (mais de 560 milhões de reais) com os gastos anuais do consumidor até 2030 e criará até 6 mil empregos.

A bandeira da Austrália e uma pessoa na frente segurando uma cesta de produtos vegetais
Foto: Positiffy

Atualmente, o setor australiano de carne vegana gera 30 milhões de dólares (mais de 110 milhões de reais) para a economia e suporta 265 empregos. O crescimento projetado indica um valor entre 398 milhões de dólares (mais de 420 milhões de reais) e quase 3 bilhões de dólares (mais de 11 bilhões de reais) anuais em valor econômico.

“Estamos com uma oportunidade de bilhões de dólares para a Austrália se tornar uma potência global em proteínas vegetais”, declarou o diretor da Food Frontier, Thomas King, à Vegconomist.

Segundo ele, a Austrália precisa agir para reivindicar sua posição no setor mundial de carne vegana, para que não corra o risco de ser ultrapassada por seus concorrentes. “O apoio do governo e investimento de empresas são urgentemente necessários para impulsionar o crescimento do emprego em todo o país e os benefícios econômicos projetados”, concluiu.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.