Assustado por estar preso, mas como se soubesse que seria ajudado o leão-marinho pula em cima da prancha para facilitar sua libertação


 

Por Eliane Arakaki

Um bombeiro que trabalha no Departamento de Bombeiros de Cambria, na Califórnia, Estados Unidos, foi aplaudido efusivamente pelas pessoas que presenciaram libertação de um mamífero marinho na praia de San Simeon, no domingo último (01).

Em um vídeo postado na página do Facebook do corpo de bombeiros no domingo, Ryan Mort pode ser visto fazendo o resgate em uma prancha de surf, finalmente cortando a linha de pesca que o prendia quando o animal emaranhado pulou a bordo da prancha.

Os espectadores no píer gritaram em aprovação. “Você acabou de fazer um amigo”, uma pessoa pode ser ouvida dizendo no vídeo.

O corpo de bombeiros se referiu ao animal como uma “foca”, assim como vários outros veículos de notícias.

Depois que o mamífero marinho foi libertado, “a foca nadou para longe”, disse o Corpo de Bombeiros.

O USA Today’s For the Win, que identificou o mamífero como um leão-marinho, observou que ele tinha um gancho embutido no seu lado que deveria cair ou se desintegrar na água salgada.

“Por estar preso apenas em um lado (o gancho), o leão-marinho deve ser capaz de executar bem atividades forrageiras (busca por alimentação) e normais de seu cotidiano”, disse Giancarlo Rulli, do Centro de Mamíferos Marinhos do For The Win.

O Centro de Mamíferos Marinhos, com sede em Sausalito, havia chamado o corpo de bombeiros para ajudar na situação.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.