Investigação secreta em granja revela galinhas paraplégicas com ossos e órgãos deformados

Um vídeo feito pela ONG World Animal Protection revelou as condições terríveis em que as aves viviam nas fazendas de criação em Hertfordshire e Shropshire na Inglaterra


 

Foto: World Animal Protection
Foto: World Animal Protection

Imagens fortes e comoventes mostram milhares de galinhas vivendo em condições insalubres, sob intenso sofrimento, em fazendas de criação de aves. A filmagem foi feita por uma ONG de proteção animal.

O vídeo foi filmado pela World Animal Protection em três fazendas da Inglaterra que tem contrato de fornecimento com uma popular rede de restaurantes inglesa: Nando’s.

As filmagens mostram galinhas incapazes de ficar de pé ou andar no chão imundo do local onde ficam presas, milhares de pássaros são vistos apertados em galpões superlotados e pilhas de aves mortas sendo descartadas com uma escavadeira.

Imagens fortes:


Muitas das aves parecem ter penas mal formadas e a World Animal Protection afirmou em seu vídeo que as galinhas de “crescimento rápido” lutavam para “lidar com o crescimento tão grande numa velocidade tão acelerada”.

A ONG revelou que as fazendas em questão, em Hertfordshire e Shropshire, na Inglaterra, são fornecedores da famosa cadeia de restaurantes Nando´s.

Os investigadores da ONG também disseram que os pássaros vistos com as pernas abertas e sem forças debaixo do corpo, eram resultado de distúrbios ósseos e articulares chamados discondroplasia, que afetam o crescimento de ossos e cartilagens.

Foto: World Animal Protection
Foto: World Animal Protection

Também são mostrados no vídeo, galinhas sendo jogadas em baldes após serem mortas por estarem doentes ou não terem crescido rápido o suficiente.

Os funcionários da fazenda podem ser ouvidos em outro vídeo, dizendo que as fazendas são fornecedores da popular rede de restaurantes. Os trabalhadores se referem a milhares de pássaros que deixaram recentemente a fazenda: “eles provavelmente irão ao Nando’s”.

“Os restaurantes geralmente exigem esse tamanho de frango, maior que os normais, frangos de crescimento acelerado”.

A World Animal Protection também revelou que seus investigadores testemunharam trabalhadores balançando pássaros pelo pescoço para matá-los e disseram que muitos estavam sofrendo de vários problemas de saúde por causa de suas gaiolas apertadas e superlotadas.

Foto: World Animal Protection
Foto: World Animal Protection

A World Animal Protection criou uma petição pedindo que, já que não há qualquer intenção de libertar essas aves, que elas sejam mantidas em condições melhores que as atuais.

“A realidade dessas galinhas é que elas cresceram tão rapidamente que sofrerão problemas terríveis de saúde durante suas vidas curtas e miseráveis”, disse a ONG no texto da petição.

“As galinhas criadas em granjas vivem com pernas, corações e pulmões dolorosamente deformados, órgãos que lutam para acompanhar o crescimento artificial acelerado e rápido demais para seu seus corpos”.

“Isso geralmente significa que eles não poderão andar e morrerão prematuramente”.

“As galinhas também são mantidas em condições péssimas, em gaiolas apertadas e superlotadas, com pouco espaço para se mover, impedindo-as de se comportarem naturalmente”.

Foto: World Animal Protection
Foto: World Animal Protection

Um porta-voz da instituição disse ao Daily Mail: “Essa filmagem mostra as condições angustiantes que as galinhas de crescimento rápido enfrentam nas fazendas de criação”.

“As imagens são difíceis de assistir e os consumidores estão se tornando cada vez mais conscientes do sofrimento animal e mudando seus hábitos de consumo”.

“Pedimos para nos encontrar com os responsáveis pelo restaurante para discutir as filmagens, mas eles se recusaram. Por isso, agora sentimos que é importante que o público veja a verdade sobre o que essas aves sofrem”.

Foto: World Animal Protection
Foto: World Animal Protection

“Embora extremamente desconfortável de assistir, esperamos que esta investigação incentive as pessoas a assinar a petição #TheRealCheekyNandos, pedindo aos Nando´s restaurante que suspenda o contrato com essa fazenda”.

“Caso contrário, as galinhas continuarão sofrendo de problemas de saúde catastróficos e viverão suas vidas curtas com dores desnecessárias”.

A única maneira de evitar o sofrimento desses animais (vacas, galinhas, porcos, etc,) criados e explorados para consumo humano, que passam vidas miseráveis, de dor e solidão, submetidos a sofrimentos intensos é adotar uma alimentação vegana.

Animais são vidas, eles sentem, sofrem, criam vínculos e compreendem o mundo ao seu redor e não produtos para serem comercializados.

Foto: View Pictures/REX/Shutterstock
Foto: View Pictures/REX/Shutterstock

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui