Maicon Rodrigo da Silva Ferrari, de 35 anos, confessou que matou a cadela e tentou vender o corpo do animal como se fosse carne de paca


A Polícia Civil de Maringá (PR) prendeu na segunda-feira (2) Maicon Rodrigo da Silva Ferrari, de 35 anos, conhecido como “Night”, acusado de invadir uma horta e decapitar uma cadela para tentar vender o corpo do animal como se fosse carne de paca. O caso aconteceu no Jardim Alvorada.

Câmera de segurança flagrou homem carregando corpo de cadela morta (Foto: Reprodução/Plantão Maringá)

Na última semana, Ferrari se apresentou à polícia e confessou ter matado o animal e tentado vender seu corpo. Sem mandado de prisão, ele foi ouvido e liberado. Agora, com o mandado expedido, a polícia executou a prisão.

O crime aconteceu em 13 de agosto. Quando chegou na horta para trabalhar, o proprietário do local encontrou os canteiros revirados e a cabeça do filhote de cachorro no chão. Ele ficou extremamente abalado com o caso, que também revoltou os moradores da cidade.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.