Jason, Jeremy e Jasmine estavam em situação de rua e têm cerca de dois meses e meio de vida, os bebês foram acolhidos pela ONG que os resgatou e serão colocados para adoção


 

Foto: Barking Mad Dog Rescue
Foto: Barking Mad Dog Rescue

Quando os três filhotes de cachorro entraram na propriedade de uma empresa de petróleo na Romênia, eles não tinham ideia de que havia piche em todos os lugares e que não era seguro para eles estarem lá. Alguns segundos depois de tentar percorrê-lo, os filhotes não estavam apenas totalmente presos ao chão grudento, mas completamente cobertos pelo piche grosso e pegajoso.

Incapaz de escapar por conta própria, todos os três bebês começaram a gritar por socorro, e não demorou muito para que os funcionários da companhia de petróleo os ouvissem e corressem para ajudá-los.

Foto: Barking Mad Dog Rescue
Foto: Barking Mad Dog Rescue

Embora não tivesse demorado muito para libertá-los das poças de piche, os filhotes ainda estavam cobertos do material grudento, e seus socorristas sabiam que levaria um bom tempo para limpá-los completamente. Eles decidiram então entrar em contato com grupos de proteção animal locais para encontrar alguém que pudesse ajudar e, em pouco tempo, equipes de resgate como o Barking Mad Dog Rescue estavam a caminho.

Depois de levar os filhotes até uma clínica veterinária local, equipes de resgate e os assistentes veterinários rapidamente começaram a trabalhar tentando tirar as camadas do piche grosso grudento do pelo dos filhotes. Apesar de desconfortáveis, os filhotes estavam calmos quando seus novos amigos os atendiam, e pareciam entender que todos estavam tentando ajudá-los.

Foto: Barking Mad Dog Rescue
Foto: Barking Mad Dog Rescue

“O processo todo levou muito tempo e várias sessões de limpeza”, disse Jess, voluntária do Barking Mad Dog Rescue, ao The Dodo. “Mihai e Marina, duas assistentes veterinárias, trabalharam muito e até tarde da noite. Elas tiveram que usar gasolina para remover o piche e depois lavar os filhotes com todo cuidado para não ferir a pele já agredida dos bebês.

Finalmente, após horas de trabalho, os filhotes estavam praticamente limpos novamente e muito ansiosos para começar a brincar e correr, como os filhotes normalmente fazem.

Foto: Barking Mad Dog Rescue
Foto: Barking Mad Dog Rescue

“Os três bebês estavam com muita fome e fizeram várias pequenas refeições durante todo o processo”, disse Jess. “Eles são lindos e animados, exatamente como deveriam ser.”

Foto: Barking Mad Dog Rescue
Foto: Barking Mad Dog Rescue

Após serem examinados por um veterinário, os filhotes foram considerados saudáveis e estima-se que tenham cerca de 2 meses e meio de idade. Os socorristas os chamaram de Jason, Jeremy e Jasmine. Eles estarão prontos para ir para suas casas definitivas quando tiverem cerca de quatro meses e, até então, seus socorristas ficarão muito felizes por poder em vê-los crescer.

Foto: Barking Mad Dog Rescue
Foto: Barking Mad Dog Rescue

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.