Um filhote de elefante foi resgatado depois de passar dois dias preso em uma fossa de lama. Sua mãe ficou ao seu lado o tempo todo, desesperada, tentando encontrar uma maneira de cavar a lama para tirá-lo de lá.

A equipe de resgate, Fundação Bumi Hills, atravessou o lago Kariba, em Zimbábue, depois de ser alertada por pescadores da região. Eles encontraram a mãe, mesmo depois de dois dias, tentando freneticamente libertar seu bebê – cavando ao redor dele com as patas e a tromba.

A mãe elefante tentando tirar a terra para livrar seu bebê
Foto: T&T Creative Media

Quando viu as pessoas se aproximando, avançou contra o barco, pronta para proteger seu bebê das possíveis ameaças. A equipe teve que sedá-la, para que pudesse se aproximar para resgatar o filhote. Enquanto uma parte das pessoas se encarregava de removê-lo da lama, outras se preocuparam em acalmar a mãe com água e toalhas úmidas.

Após trinta minutos de intenso trabalho, escavando o chão e puxando o filhote amarrado com cordas, a equipe finalmente conseguiu libertá-lo. A mãe foi examinada antes que acordasse e, enfim, os dois puderam retornar para a mata.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.