Atualmente, Luciana Viana Carvalho mantém 300 animais, sendo 110 cachorros e 80 gatos. Para cuidar deles, ela precisa da ajuda da sociedade


A ex-bancária Luciana Viana Carvalho, de 48 anos, abandonou seu antigo emprego em um banco para cuidar de animais em situação de vulnerabilidade. Tudo começou quando, em 2011, uma tia dela morreu e deixou de herança para ela uma casa. No entanto, para que ela ficasse com o imóvel havia a condição de que cuidasse dos cinco cães que viviam no local.

Foto: Guilherme Pinto / Extra

Tutora de 12 gatos, Luciana saiu do apartamento no qual vivia em Madureira, no Rio de Janeiro, se mudou para a casa na Vila Valqueire. Com o passar do tempo, o amor pelos animais falou mais alto e a ex-bancária passou a resgatar animais abandonados. Hoje, 110 cachorros e 80 gatos vivem com ela no imóvel que se tornou a Casa Angelus Amigo Bicho.

Para sustentar o abrigo, Luciana depende de doações e dos recursos advindos de um brechó, rifas e do serviço de hospedagem de animais. Atualmente, ela gasta mensalmente cerca de R$ 6 mil com ração para os cães e R$ 1,8 mil com o alimento dos gatos. Outros R$ 1,8 mil são investidos nos custos com água. Há despesas, também, com os três funcionários do abrigo, energia elétrica, veterinário e pet shop.

Atualmente, Luciana tem uma dívida de R$ 24 mil em uma clínica veterinária e de R$ 5 mil em uma pet shop. Para tentar quitá-las, ela iniciou uma campanha de arrecadação de fundos através das redes sociais.

“O lado bom é quando consigo tirar da rua um animal em situação de sofrimento e vejo a transformação deles”, afirmou Luciana ao jornal Extra.

Feira de adoção

No dia 15 de setembro, uma feira de adoção de animais será organizada no Centro de Convivência da Vila Valqueire, na Avenida Jambeiro, 908. Interessados em adotar um cão ou gato do abrigo de Luciana ou ajudar financeiramente por meio de doações são bem-vindos ao evento.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.