PROTEÇÃO

Documentário mostra desafios diários da reserva de tigres da Índia, que luta pela conservação da espécie

O programa mostra os esforços que o local faz para preservar um dos maiores predadores do mundo, que hoje ocupa 5% do território que ocupava há cem anos

Por Rafaela Damasceno

O documentário Counting Tigers – A Survival Special (Contando Tigres – Um Especial de Sobrevivência) conta a história da Reserva de Tigres de Bandhavgarh, na Índia. Ele também documenta Yogendra Singh, que adotou dois filhotes de tigre depois que a mãe foi caçada e assassinada para alimentar a indústria de peles.

Os filhotes tinham apenas 10 dias de idade quando foram encontrados lutando para sobreviver ao inverno e foram levados até a reserva.

Até os 180 dias de idade os filhotes ainda correm risco de vida, então Yogendra tomou a decisão de se levantar a cada poucas horas para alimentá-los e cuidar deles como se fossem seus próprios filhos.

Os esforços da reserva parecem estar fazendo efeito, já que a última contagem da população de tigres (que é feita a cada quatro anos) mostra que eles finalmente subiram de número. Agora são 2.967, um aumento de 741. Essa é a maior ascensão de tigres na natureza desde que a contagem começou a ser documentada.

Os dois filhotes sendo amamentados com uma mamadeira
Foto: ITV Counting Tigers

Os participantes do programa se sentiram mais confiantes ao saber que o número subiu significativamente, o que significa que os tigres vão continuar existindo na Índia.

Acredita-se que existam cerca de 4.000 tigres selvagens em todo o mundo, e 60% reside na Índia. Se os números no país caíssem muito, isso poderia significar que a espécie não sobreviveria por muito mais tempo.

Caçadores devastaram as populações de tigres ao longo dos anos, e a expansão humana devastou seu habitat. Estima-se que, só no último século, a população diminuiu 95%. Atualmente, os dados mostram que dois tigres são mortos por semana por caçadores e muitas vezes os filhotes são deixados para se virar na natureza sem suas mães. Poucos chegam à idade adulta.

Os dois tigres um pouco maiores, sendo cuidados
Foto: ITV Counting Tigers

Infelizmente, não está sendo mais fácil para os tigres sobreviverem na Índia atualmente. O país se industrializa muito rápido, e as construções humanas sempre são levadas em conta antes que haja uma consideração em relação à vida selvagem e o meio ambiente. Dessa forma, as populações de tigres estão se isolando cada vez mais. Mesmo assim, a espécie resiste bravamente.

Os caçadores geralmente utilizam armadilhas para capturar os tigres, e quando estão paralisados, são empalados pela boca para não terem a pele danificada. Mas, apesar de a pele ser o maior motivo da caça, todo o restante do animal também é comercializado.

“Não há nenhuma razão essencial para que qualquer parte do corpo de um tigre seja comercializada. É tudo pelo luxo, pelo status”, explicou Debbie Banks, da Environmental Investigation Agency.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui