Além dos cachorros, galos explorados para rinha também foram encontrados no local


Cerca de 15 cães explorados para caça foram resgatados pela Polícia Civil de Caibi e Palmitos, em Santa Catarina. A ação, realizada na segunda-feira (2), contou com a participação da Cidasc e da Associação de Proteção de Animais Coração Valente. Além dos cães, galos explorados para rinha também foram encontrados no local.

Foto: Polícia Civil

Os cachorros estavam amarrados e viviam em condições precárias. Os galos, segundo a polícia, eram mantidos “enclausurados até mesmo sem água e sem comida, passando terríveis sofrimentos”. As informações são do Portal Diário do Iguaçu.

Os tutores dos animais responderão pelos crimes praticados contra os animais, que foram resgatados. Os galos ficaram sob responsabilidade da Cidasc. Os cães serão castrados e disponibilizados para adoção. As castrações serão custeadas pelos tutores.

A multa para casos de maus-tratos a animais pode chegar a R$ 1 mil. O infrator também pode sofrer sanções criminais. “A intenção é acabar com qualquer prática criminosa e também regularizar situações ilegais que podem inclusive propagar doenças a animais e até mesmo a seres humanos”, concluiu a polícia.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.