Ao ser encontrado pela equipe de funcionários de limpeza da rodovia, Pesci foi extremamente dócil, e apesar de tudo que passou ele os recebeu com um sorriso de gratidão

 


 

Foto: Patrick Harden/Facebook
Foto: Patrick Harden/Facebook

Um grupo de funcionários de uma concessionária de rodovias, trabalhava recolhendo lixo ao longo de uma estrada no Condado de Dutchess, em Nova York, nos EUA quando eles de repente ouviram latidos. A equipe estava basicamente no meio do nada e não conseguiam imaginar por que um cachorro estaria vagando por ali. Ainda assim, eles sabiam que tinham que investigar, e então seguiram o som dos latidos – e encontraram um cachorro amarrado a uma árvore, nas profundezas da floresta, bem longe da estrada.

Os trabalhadores ficaram assustados ao encontrar o pobre cachorro tão distante da civilização, amarrado à árvore, deixado para morrer, longe de qualquer possibilidade de alguém vê-lo ou ajudá-lo, e ele ficou igualmente assustado – mas ao mesmo tempo muito feliz – em vê-los também.

Foto: Patrick Harden/Facebook
Foto: Patrick Harden/Facebook

“Ele ficou muito contente e animado por ver alguém”, disse Lynne Meloccaro, diretora executiva da Dutchess County SPCA, ao The Dodo. “Ele já estava lá há um bom tempo, com mais de 37 graus de calor. Ele claramente tem uma vontade enorme de viver.”

Depois que a polícia foi contatada, o cachorro muito empolgado foi levado pela ONG de proteção animal Dutchess County SPCA, que decidiu chamá-lo de Pesci. Os funcionários da entidade ficaram pasmos com a maldade da pessoa que abandonou dessa forma cruel, um cachorro tão feliz e dócil. Mesmo depois de tudo o que ele passou, Pesci ficou muito grato e emocionado por encontrar todos esses novos amigos e não parecia ter medo ou estar bravo com pessoas de forma nenhuma.

Foto: New York State Police/Facebook
Foto: New York State Police/Facebook

“Ele é uma alma muito doce”, disse Meloccaro. “Ele é fica mais feliz ainda quando está ao lado de pessoas – ele gosta de brincar e ser abraçado”.

Além de desidratado, Pesci estava surpreendentemente saudável. Ele agora está se recuperando sob os cuidados de todos os seus novos amigos do abrigo e simplesmente não consegue se satisfazer com todo o amor e atenção que de repente ele está recebendo. A polícia está investigando ativamente quem foi o responsável pelos maus-tratos e abandono de Pesci, para poder responsabilizar quem cometeu esse crime.

Foto: Lynne Meloccaro
Foto: Lynne Meloccaro

“O fato de ele estar tão longe da estrada sugere que quem o colocou lá não pretendia que ele fosse encontrado”, disse Meloccaro.

Felizmente, Pesci está seguro agora e já é muito amado, o abrigo tem a impressão de que ele não precisará esperar muito antes de ser adotado e encontrar uma família muito amorosa.

“Ele estará pronto para adoção muito em breve e, dado o interesse público nesse caso, acho que ele encontrará seu lar para sempre em menos tempo do que ficou amarrado a essa árvore”, disse Meloccaro.

Foto: Lynne Meloccaro
Foto: Lynne Meloccaro

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.