Ao notar a situação estranha e cruel em que o animal se encontrava, as pessoas chamaram a polícia que a libertou, dócil e carente, a cachorrinha agradeceu com lambidas e pulos de felicidade


 

Foto: Facebook/Politie Nieuwegein
Foto: Facebook/Politie Nieuwegein

Quando um grupo de pessoas chegou a um ponto de coleta de caronas em Nieuwegein, na Holanda, no fim de semana, imediatamente eles perceberam que havia algo errado ali. Ao lado do ponto, na beira de uma área arborizada próxima, havia uma cachorra trancada dentro de uma gaiola, sozinha, sem ninguém à vista ou tutor próximo a ela.

Entendendo a situação, as pessoas que encontraram o animal, ligaram para a polícia imediatamente, que de pronto foi ao local. Os policiais ficaram tão pasmos quanto os demais quando viram a cachorrinha toda confusa e assustada presa na gaiola, esperando apenas alguém para ajudá-la, de acordo com o The Dodo.

Ela parecia doce e carente, como se quisesse que alguém a ajudasse, então os policiais libertaram o cachorrinha da gaiola.

Ela ficou imediatamente tão grata por estar livre e perto das pessoas novamente, que agradeceu aos socorristas com um grande sorriso, saltos adoráveis próprios de filhotes e muitos “lambeijos”. Ela ficou muito feliz em ver todo mundo ao seu redor e parecia não ter medo das pessoas, apesar de tudo o que havia passado.

Os policiais levaram a cachorrinha para um abrigo próximo, onde funcionários determinaram que ela era uma mistura de pastor que tinha em torno de 2 anos e, infelizmente, não era microchipada.

Foto: Facebook/Politie Nieuwegein
Foto: Facebook/Politie Nieuwegein

Ao que tudo indicava, quem a deixara naquela gaiola pretendia mesmo abandoná-la, e ninguém consegue entender por que alguém iria querer deixar para trás uma cachorra tão doce e amorosa.

“Recebemos várias pistas nas quais estamos trabalhando”, escreveu o departamento de polícia de Nieuwegein em um post no Facebook sobre o resgate.

Muitas pessoas que viram o post já se ofereceram para adotar a cachorrinha feliz, e a polícia tem direcionado todos para o abrigo, que tentará encontrar a melhor família para a cachorrinha.

As pessoas também expressaram sua indignação com quem fez isso, mas a polícia foi rápida em lembrar a todos permanecessem calmos. O mais importante é que a cachorra esteja segura agora, graças às pessoas que a encontraram e aos policiais que a libertaram.

“Entendemos uma resposta emocional a esta mensagem e também rejeitamos a ação do tutor irresponsável, e é por isso que gostaríamos de encontrar essa pessoa”, escreveu a polícia.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.