Bolsonaro cancela participação em reunião sobre queimadas na Amazônia

(Adriano Machado/Reuters)

O porta-voz do governo, Otavio Rego Barros, afirmou que Bolsonaro não poderá participar da reunião por orientação médica


O presidente Jair Bolsonaro decidiu cancelar sua ida a uma reunião sobre as queimadas na Amazônia na próxima sexta-feira (6) na cidade de Letícia, na Colômbia. Dados do dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) indicam que as queimadas na floresta amazônica quase triplicaram em agosto.

(Adriano Machado/Reuters)

O motivo seria uma nova cirurgia abdominal para a retirada de uma hérnia na barriga. O procedimento está marcado para domingo (8).

“Por orientação médica, o presidente precisará a partir de sexta-feira, entrar em dieta líquida. A consequência disso é praticamente inviabilizar uma viagem a Leticia nesse momento”, informou o porta-voz do governo, Otavio Rego Barros.

Está sendo estudada, segundo Barros, a possibilidade de enviar um substituto ao evento ou postergar a reunião, proposta pelo Peru e pela Colômbia, para que Bolsonaro possa participar.

A reunião tem o objetivo de confirmar a união entre os países na defesa da Amazônia e da soberania nacional do Brasil após discussões entre Bolsonaro e Emmanuel Macron, presidente da França, sobre a internacionalização da floresta amazônica.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui