Porquinhos irmãos resgatados se divertem e desfrutam da nova vida após adotados


Jack e Bem não tiveram um começo de vida fácil, mas após terem sido resgatados, os irmãos tem se dividido entre a piscina, o pomar, e as sonecas à sombra das árvores


 

Jack e Ben | Foto: PETA
Jack e Ben | Foto: PETA

Desde que foram resgatados esses porquinhos irmãos tem passado seus dias se refrescando em uma piscina, comendo frutas até não poder mais e agitando suas caudas freneticamente em um estado que pode ser descrito como “de puro deleite”.

Jack e Ben começaram a vida sendo distribuídos como se fossem balas grátis em frente a uma loja na Virgínia (EUA) junto com seus irmãos e irmãs. Um par de mulheres compassivas apareceu e rapidamente pegou os dois leitões restantes para protegê-los de pessoas que poderiam querer machucá-los.

Foto: PETA
Foto: PETA

As mulheres fizeram o seu melhor para cuidar dos animais em crescimento, mas os porcos precisam de cuidados especializados e muitas vezes chegam a pesar 150 libras. Elas perceberam que Jack e Ben precisariam de mais tempo e espaço do que as duas podiam oferecer. Então elas chamaram a PETA.

Enquanto procurávamos a família perfeita para Jack e Ben, eles rapidamente se tornaram as pessoas mais populares no Sam Simon Center (sede da PETA em Norfolk, Virgínia). Os funcionários descobriram um novo hobby favorito: dar-lhes frutas como petiscos. E como você pode ver no vídeo, os porquinhos ficaram felizes em entregá-los:

E entre todas essas bananas e melancias, apareceu a combinação perfeita dos porcos: um par de funcionários da PETA em Ohio com um gramado espaçoso, um pequeno celeiro aconchegante e muitas macieiras. Então eles foram embora para seu novo lar.

Foto: PETA
Foto: PETA

Agora, a primeira coisa que os irmãos fazem quando acordam é apressar-se para encontrar todas as maçãs que caíram das árvores da noite para o dia. Eles passam os dias correndo pelo quintal, brincando na piscina, tomando banho de lama e dizendo aos novos guardiões: “Obrigado!”, Com alegres gargalhadas demostradas por sua cauda que não para de se abanar.

E eles passam suas noites dormindo juntos.

Foto: PETA
Foto: PETA

Jack e Ben estão vivendo a vida que todo porco merece. Esses animais inteligentes têm personalidades distintas, memórias hábeis, emoções complexas e um desejo de viver suas vidas em paz e livres de danos. Se você gostou dessa história, dê a todos os porcos a chance de viver deixando-os fora do seu prato.

Animais são vidas, não são alimento, nem produto para serem comercializados e precificados. A melhor forma de ajudar o planeta e os animais é adotar uma alimentação vegana, os benefícios para a saúde são comprovados além de salvar a vida de milhões de seres inocentes como Jack e Bem.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSUMO CONSCIENTE

PROTEÇÃO

AMOR PROFUNDO

ÍNDIA

RESGATE

ASFIXIA

NECROPSIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>