Cachorro que ajudou a criar bezerrinho ainda cuida dele depois de adulto


Foto: BGFS
Foto: BGFS

Um cão da raça pastor australiano chamado Lincoln leva muito a sério suas obrigações como irmão mais velho – embora, ou talvez porque, seu irmão mais novo seja uma vaca.

Desde que Calvin veio morar no santuário Black Goat Farm and Sanctuary, em Ontário, no Canadá, em julho passado, Lincoln dificilmente deixou saiu do lado de Calvin.

Talvez o cão leal se sentisse naturalmente protetor do bezerrinho – e ele tinha razão para estar. Calvino foi salvo de uma fazenda de gado leiteiro onde, assim que nasceu, sua vida estava em perigo.

Foto: BGFS
Foto: BGFS

As vacas em fazendas de gado leiteiro precisam continuar dando à luz para que continuem produzindo leite – mas os bezerros geralmente são enviados para serem criados por algum tempo e mortos em seguida com apenas alguns dias de vida.

Felizmente, algumas pessoas na fazenda queriam dar a Calvin a oportunidade de ter um futuro e então o santuário entrou em cena e o acolheu.

Foto: BGFS
Foto: BGFS

Assim que Calvin foi retirado de sua cela de concreto e levado para os campos do santuário, ele mal podia conter sua excitação.

“Ele nunca esteve ao ar livre ou esticou as pernas e apenas correu!” Megan Mostacci, co-fundadora da Black Goat, disse ao The Dodo na época. “Você pode ver o quanto ele ama correr.”

Foto: BGFS
Foto: BGFS

Uma vez que Calvin conseguiu gastar um pouco de sua energia, ele conheceu o indivíduo que se tornaria muito significativo para sua nova vida: Lincoln.

O cão leal parecia se sentir responsável e dedicado ao bebezinho – e isso era muito bem recebido por Calvin, que havia sido tirado de sua mãe ainda muito jovem.

Foto: BGFS
Foto: BGFS

Meio ano depois, é revigorante ver que que relacionamento de Calvin e Lincoln não mudou quase mada – exceto que Calvin está ficando enorme.

Mas Lincoln ainda parece ver seu pequeno irmão bovino como bebê que ele já foi um dia.

Enquanto Calvin pasta nos campos, Lincoln está sempre lá fazendo suas tarefas fraternais, observando cada movimento do boi.

Foto: BGFS
Foto: BGFS

“Seis meses depois, Lincoln ainda acha que precisa vigiar Calvin”, observou Mostacci.

Lincoln leva sua responsabilidade por Calvin muito a sério – mesmo quando ele está apenas relaxando na grama ao lado dele.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RECIFE (PE)

RIO DE JANEIRO

MAUS-TRATOS

EMPREENDEDORISMO

AÇÃO HUMANA

CONSCIENTIZAÇÃO

ABUSO

ÓRFÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>