Cachorro obeso que seria sacrificado ganha novo lar


Por Rafaela Danasceno

Um cachorro ganhou uma nova vida depois que seus antigos tutores o abandonaram em um veterinário para ser sacrificado. Kai, o cachorro, pesava 173 libras (mais de 78 kg) quando foi deixado em uma clínica em Onoway, no Canadá, em março de 2018.

O veterinário se recusou a matá-lo e contatou a ONG Misfits of Alberta Animal Rescue, que cuidou para que Kai fosse adotado por uma nova tutora, Pam Heggie. Ela ficou insegura sobre como lidar de maneira adequada com o peso do cachorro, mas o veterinário a tranquilizou.

“Qualquer coisa que você fizer vai ajudá-lo”, disse ele. “Qualquer coisa que ele te deixar fazer será bom para ele”. Foi então que ela se comprometeu a salvar seu novo cachorro.

Kai ainda obeso, um golden retriever de 78 kg
Foto: Facebook/This is Kai

Na primeira vez que Kai subiu as escadas de sua nova casa, demorou mais de 20 minutos para vencer os degraus. “Ele dava dez passos, então deitava e começava a ofegar”, contou Heggie ao Daily Mail. Mas apesar de todas as dificuldades, Kai estava determinado, assim como sua nova tutora.

Eles começaram a andar um pouco de cada vez. No começo, iam até a entrada do vizinho mais próximo e voltavam para casa. Depois, começaram a ir até a casa seguinte. E então começaram longas caminhadas.

Kai e sua nova tutora
Foto: Facebook/This is Kai

Além dos exercícios, Kai também recebeu uma dieta rigorosa e sessões de terapia na água. “Ele aprendeu que eu ia ajudá-lo e que nós ficaríamos bem”, contou Heggie.

Kai fazendo terapia de água
Foto: Facebook/This is Kai

Kai perdeu 100 libras (45 kg) em apenas um ano, emocionando Heggie. “Eu olho para ele agora e esqueço o quão doente ele estava. Agora ele é apenas um cachorro, fazendo tudo o que os cachorros podem fazer”, disse.

Segundo a tutora, Kai é o exemplo perfeito de paciência e perseverança. “Ele não se preocupa com o passado, com o futuro, ele apenas se concentra no que deve ser feito agora – e faz isso! Podemos aprender muito com os cachorros”, concluiu.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"62516":{"name":"Main Accent","parent":-1}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default Palette","value":{"colors":{"62516":{"val":"rgb(255, 255, 255)"}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
DOE AGORA

COMPARTILHE:

Você viu?

PROTEÇÃO ANIMAL

CRIME

ASCENSÃO

TESTAMENTO

ATO HEROICO

SUSTENTABILIDADE

RECORDE

AÇÃO HUMANA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"cf6ff":{"name":"Main Color","parent":-1},"73c8d":{"name":"Dark Accent","parent":"cf6ff"}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default","value":{"colors":{"cf6ff":{"val":"rgb(243, 243, 243)","hsl":{"h":0,"s":0.01,"l":0.95}},"73c8d":{"val":"rgb(217, 216, 216)","hsl_parent_dependency":{"h":1,"l":0.85,"s":-0.05}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
OK
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
>