Pesquisas descobrem grande perda de habitat de aves da Austrália


Um estudo do Centro de Recuperação de Espécies Ameaçadas, realizado por cientistas da Universidade de Queensland, na Austrália, descobriu que metade das espécies nativas do país perdeu quase dois terços de seu habitat natural em Victoria, Nova Gales do Sul e regiões do sul da Austrália.

Dois pássaros coloridos, um verde e um vermelho
Foto: Doug Janson/Wikimedia Commons, CC BY-SA

Dr. Jeremy Simmonds, principal pesquisador, afirmou ao Science Daily que a equipe analisou tanto as aves ameaçadas de extinção quanto as não ameaçadas, de espécies comuns.

“Embora geralmente a atenção seja desviada para as espécies ameaçadas de extinção, as comuns – como os conhecidos pombos – são de importância crucial”, disse Simmonds. As espécies comuns, segundo o pesquisador, desempenham um importante papel no controle de insetos e na polinização, portanto o declínio causado pela perda de habitat geraria riscos sérios no ecossistema.

“A destruição de habitats está entre as maiores ameaças que a biodiversidade enfrenta na Austrália”, afirmou, acrescentando que esse foi o motivo da equipe de cientistas ter desenvolvido um método para entender o tamanho do problema causado pela perda de um habitat.

Simmonds afirmou que o índice obtido fornece um resultado para que aqueles que cuidam da conservação entendam melhor como a perda de habitat afeta as aves. O índice também pode ser usado para verificar outras espécies, como mamíferos ou até mesmo plantas.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RECIFE (PE)

RIO DE JANEIRO

MAUS-TRATOS

EMPREENDEDORISMO

AÇÃO HUMANA

CONSCIENTIZAÇÃO

ABUSO

ÓRFÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>