ONGs se mobilizam para ajudar abrigo de animais devastado pelo furacão Dorian


Com os aeroportos fechados e as comunicações em estado precário em decorrência da destruição causada pela passagem do furação Dorian, entidades aguardam informações para poder enviar socorro às Bahamas


 

Com os abrigos de Freeport, nas Bahamas alagados, equipes de resgate continuam a encontrar mais animais presos na inundação | Foto: Humane Society of Grand Bahama
Com os abrigos de Freeport, nas Bahamas alagados, equipes de resgate continuam a encontrar mais animais presos na inundação | Foto: Humane Society of Grand Bahama

Por Eliane Arakaki

A ONG HALO Animal Rescue, sediada em Fênix, no Arizona (EUA) está organizando uma ajuda emergencial para os animais afetados pelo furacão Dorian nas Bahamas.

A diretora executiva da HALO, Jacque Petrone, disse que verificou por telefone que os seis funcionários da Humane Society das Grand Bahamas em Freeport estão seguros, mas o abrigo foi dizimado e o destino dos animais é incerto.

“É um milagre que a diretora Tip (Burrows) e sua equipe tenham sobrevivido”, disse Petrone. “Quando a água estava subindo, eles conseguiram se segurar em um trator com a água já na altura do pescoço para não serem arrastados por uma onda de 15 pés (cerca de 4,5 metros) de altura”.

Como a tempestade despencou sobre a ilha por muito tempo, ainda é impossível que os socorristas entrem na região para avaliar os danos.

“No momento, estamos tentando descobrir quando podemos colocar nossas equipes em campo”, disse Petrone. “As pistas do aeroporto, estradas e rodovias precisam ser limpas da imensa quantidade de detritos para que os aviões possam pousar e veículos circular”.

Petrone conseguiu aviões para transportar suprimentos para a ilha, porém as pistas ainda não estão operacionais para envio do material, assim que for possível a ajuda será despachada. Semelhante iniciativa foi realizada pela ONG depois que o furacão Maria atingiu Porto Rico.

Estima-se que cada voo custe cerca de 2 mil dólares, por isso Petrone criou uma página do GoFundMe (site de arrecadação de fundos) para ajudar nas doações. Até agora, Petrone levantou 20 mil dólares durante a campanha.

“Quando for seguro trazer suprimentos para a ilha, as equipes vão voar até lá e trazer de volta o que puderem entre gatos e cães”, disse Petrone. “Dessa forma, conseguiremos liberar espaço para outros animais que precisam ser resgatados.”

O Departamento de Agricultura dos EUA suspendeu as restrições de trazer animais resgatados das Bahamas para os Estados Unidos, de modo que a HALO espera trazer o maior número possível de cães e gatos, disse Petrone.

Nas missões de resgate anteriores realizadas pela HALO, os animais foram levados de avião para um hangar de avião em Fort Pierce, onde foram recebidos por voluntários de ONGs e centros de resgate de animais.

A HALO também servirá como ponto de coleta de suprimentos e doação do público assim que as necessidades dos animais nas Bahamas forem esclarecidas. Petrone vem recebendo ligações de empresas locais que também estão ansiosas por ajudar.

“As comunicações estão severamente afetadas”, disse ela. “No momento, estamos trabalhando para reunir mais informações sobre os animais do abrigo. Quando tivermos essas informações, poderemos avaliar melhor o que eles precisam e informaremos a todos”.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ACIDENTE

CRUELDADE

TECNOLOGIA

DESUMANIDADE

ACOLHIMENTO

EFICIÊNCIA

VIDAS PERDIDAS

DEDICAÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>