Foto: Releash Atlanta
Foto: Releash Atlanta

No momento em que um cão idoso chamado Holden apareceu em um abrigo de animais na Geórgia (EUA), ele estava quase que totalmente derrotado – e ele tinha todos os motivos para estar.

Mas em questão de dias, o cachorrinho já ficava de pé nas patas traseiras, ansioso para dar beijos em todos ao seu redor.

A história milagrosa de sobrevivência de Holden começou quando ele apareceu no abrigo, claramente negligenciado e faminto. Embora ele estivesse trêmulo e nervoso, sempre que via uma tigela de comida no abrigo, até comida de gato, ele tentava devorá-la. Holden pesava 25 libras (cerca de 11 Kg), cerca de 15 libras (quase 7 Kg) abaixo do que ele deveria pesar normalmente.

Foto: Releash Atlanta
Foto: Releash Atlanta

O pobre filhote acabara de ser capturado pela polícia – houve uma invasão de drogas na casa que ele costumava chamar de lar. Foi assim que ele acabou no abrigo – mas o abrigo já estava superlotado e não tinha espaço para ele. Holden estava no limbo, envolto em um cobertor na área de admissão, esperando enquanto a equipe do abrigo procurava por ajuda urgentemente através das mídias sociais.

Como se tudo isso não fosse suficiente para apavorar o pobre cãozinho, ainda por cima, a equipe descobriu que Holden tinha algo dentro de seu corpo que poderia tê-lo matado lentamente.

No veterinário, os raios X revelaram um tumor de 7 libras no corpo de Holden, o que dificultava que ele comesse qualquer coisa.

Foto: Releash Atlanta
Foto: Releash Atlanta

Mas de forma inesperada e surpreendente, apesar de tudo o que ele tinha passado, o rabinho de Holden ainda respondia com um pequeno e entusiástico abano até aos menores gestos de gentileza.

Um vídeo mostra Holden logo após acordar da cirurgia realizada para remover o tumor de seu organismo. E mesmo que sua cabeça esteja abaixada e ele esteja claramente desorientado, o som de uma voz gentil estimula sua cauda imediatamente.

Essa positividade inata ajudaria Holden a dar grandes passos nos próximos dias. O primeiro grande passo foi deixar para sempre o abrigo superlotado, o que foi felizmente organizado pela ONG Releash Atlanta.

Foto: Releash Atlanta
Foto: Releash Atlanta

Uma voluntária chamada Ashley pegou Holden no abrigo, e quando ele parecia triste e derrotado em seu carro, ela deu abraços nele e fez algumas selfies com o cachorrinho para animá-lo.

O segundo passo foi remover o tumor e depois se recuperar em seu lar temporário. Felizmente, Melissa Lentz, uma voluntária de lar temporário experiente em cachorrinhos assustados, se tornou a salvadora de Holden e sua família o recebeu de braços abertos.

Holden conheceu a filha de Lentz, assim como os nove cachorrinhos que atualmente moram na casa da família. E Holden já fez um grande progresso – ele mostrou que seu apetite pela vida está totalmente intacto, assim como seu apetite por comida.

Foto: Releash Atlanta
Foto: Releash Atlanta

“Eu o alimento o tempo todo”, Lentz disse ao The Dodo, acrescentando que ele é o cara mais doce. Mas a jornada de Holden não acabou. O tumor teve que ser biopsiado para ver se era canceroso. E Holden ainda estará procurando uma casa para sempre, uma vez que ele esteja pronto, apesar de sua velhice e problemas de saúde.

Como ela faz com muitos de seus cães adotivos, Lentz mantém seus amigos, familiares e amantes de cachorros atualizados no Facebook. Uma atualização da semana passada mostrou um vídeo de Holden aprendendo a apertar as mãos. “Ele pode ser velho e pode ou não ter câncer (a biópsia ainda não voltou)”, escreveu Lentz, “mas alguém terá muita sorte em ter esse cachorro ao seu lado”.

Foto: Releash Atlanta
Foto: Releash Atlanta

Nesta semana, algumas boas notícias voltaram do consultório veterinário: os testes preliminares do tumor de Holden mostram que ele provavelmente é benigno.

Foto: Releash Atlanta
Foto: Releash Atlanta

Holden ainda precisa de alguns tratamentos – ele precisará ir ao dentista e ser castrado – mas o filhote cuja cauda mostra o quão positivo ele pode ser, mesmo nos momentos mais difíceis, está finalmente experimentando a vida boa. E está recobrando sua força e determinação a cada dia, e qualidades que ele provavelmente demonstrará para o resto de sua vida. Só foi preciso um pouco de gentileza.

Foto: Releash Atlanta
Foto: Releash Atlanta

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.