Polícia Federal investiga se houve ação criminosa nas queimadas na Amazônia


A Polícia Federal (PF) divulgou nota na segunda-feira (26) por meio da qual informou que todas as superintendências e delegacias localizadas na Amazônica Legal – região que abrange os sete estados do Norte, além do Mato Grosso e do Maranhão – foram mobilizadas para identificar e reprimir ações criminosas na esfera ambiental na floresta amazônica.

Queimada na Amazônia nas proximidades de Porto Velho, no dia 23 de agosto (Foto: UESLEI MARCELINO / REUTERS)

Trata-se da Operação Verde Brasil, para a qual, segundo a PF, as unidades da corporação estarão mobilizadas em tempo integral. As informações são do G1.

“A PF se junta às Forças Armadas, ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente – IBAMA e à Força Nacional para a atuação conjunta nas áreas de fronteira, nas terras indígenas e nas unidades federais de conservação ambiental, dando cumprimento ao Decreto nº 9.985/2019, que visa estabelecer ações para a garantia da lei e da ordem”, afirma nota da Polícia Federal.

Nesta segunda-feira, ainda segundo a PF, um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) decolou da Base Aérea de Brasília transportando para a região amazônica uma equipe de delegados, escrivães, agentes e peritos criminais.

O presidente Jair Bolsonaro assinou um despacho no domingo (25) determinando que a Polícia Federal investigue a “possível existência de ação premeditada de criminosos nos incêndios e queimadas ocorridos na área da Floresta Nacional de Altamira desde o dia 10 de agosto de 2019”.

Apesar de, neste momento, ter a iniciativa de determinar que o caso seja investigado, o governo não agiu antes, quando foi notificado pelo Ministério Público sobre o “dia do fogo” três dias dele ser realizado, conforme expôs reportagem do Globo Rural. Tal evento ficou marcado por queimadas promovidas no dia 10 de agosto por produtores rurais com a intenção de mostrar apoio ao presidente e as suas propostas e ações de desmonte da polícia ambiental.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DADOS ALARMANTES

MAUS-TRATOS

DESMONTE AMBIENTAL

ZOOFILIA

RÚSSIA

FINAL FELIZ

CRUELDADE

CRISE ECONÔMICA

SINERGIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>