PL exige castramóvel em todas as cidades com mais de 50 mil habitantes


Por David Arioch

Iniciativa pode contribuir para beneficiar tutores de baixa renda e promover geração de emprego e renda para profissionais que podem atuar nesses equipamentos (Foto: Governo de Minas Gerais)

Uma proposta legislativa do deputado federal Célio Studart cobra a implantação de castramóvel em todas as cidades do Brasil com mais de 50 mil habitantes.

Segundo o Projeto de Lei 949/2019, anexado ao projeto que institui o Código Federal de Bem-Estar Animal, a União deverá destinar recursos para a aquisição dos castramóveis por meio de recursos do Ministério da Saúde.

A proposta prevê também o incentivo à construção de mais hospitais veterinários públicos em grandes municípios. A justificativa para o projeto é que o Brasil conta com mais de 30 milhões de animais abandonados.

“São necessárias políticas públicas para que esse número de animais abandonados não continue a crescer, e a grande política para diminuir o crescimento populacional dos animais abandonados é a castração”, defende o deputado.

Outro ponto considerado pela proposta é que os animais que estão nas ruas sofrem em consequência de intempéries, atropelamentos, maus-tratos e doenças. “Muitas dessas doenças se constituem como zoonoses. Portanto a questão animal também é uma questão de saúde pública, necessitando de investimentos da área da saúde”, reforça Studart.

A viabilização de mais castramóveis no Brasil também pode contribuir para beneficiar tutores de baixa renda e promover geração de emprego e renda para profissionais que podem atuar nesses equipamentos.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CATIVO EM ZOO

CRIME AMBIENTAL

RESPONSABILIZAÇÃO

ABERRAÇÃO LEGISLATIVA

ESCRAVIDÃO

EXEMPLO

CICLOVIA RIO PINHEIROS

ESTRESSE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>