Homem usa crânio de cão da raça pug para expor crueldade do comércio de animais


Um usuário do Imgur, identificado como NoNienNietNon, usou imagens de crânios de cachorros para expor a crueldade do comércio de animais. O objetivo do homem era convencer um amigo a não comprar um cão da raça pug, animal que sofre bastante devido a características próprias da raça.

Crânio de pug – Foto: NoNienNietNon/Imgur

“Esse é o crânio de um terrier (mais ou menos do mesmo tamanho que um pug)”, escreveu o rapaz ao publicar a foto do crânio. “Estes são crânios de pugs. ISSO É CRUELDADE ANIMAL”, completou, usando imagens de crânios de cães da raça. As informações são do Hypeness.

“Meu amigo realmente ama cães com cara achatada e estava falando sobre comprar um puro-sangue de um criador“, escreveu no Imgur ao justificar o motivo que o levou a publicar as fotos.

“Esse é o crânio de um terrier (mais ou menos do mesmo tamanho que um pug)” – Foto: NoNienNietNon/Imgur

As imagens mostram que os crânios dos pugs não têm um formato normal. A raça costuma apresentar múltiplos problemas de saúde e, segundo reportagem do The Guardian, esses animais podem morrer até quatro anos antes quando comparados a cães de outras raças.

A tentativa do homem, no entanto, não funcionou. O amigo dele insistiu na compra de um pug. A publicação, porém, pode comover outros internautas, levando-os a entender que comprar um cachorro não é uma prática correta, especialmente quando ele está condenado a sofrer por ser como é.

Crânio de pug – Foto: NoNienNietNon/Imgur

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SOLIDARIEDADE

NOVOS LARES

RIO CLARO (SP)

EXTINÇÃO

VISIBILIDADE

CANADÁ


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>