Governo Trump diminui proteção de espécies ameaçadas


Por Rafaela Damasceno

A administração Trump anunciou na segunda-feira (12) que mudaria a forma que a Lei de Espécies Ameaçadas é aplicada, enfraquecendo a lei de conservação do país – que já ajudou a retirar o urso, a águia e o jacaré americanos da lista de espécies ameaçadas de extinção.

Uma águia em um galho de árvore
Foto: Brandon Thibodeaux, The New York Times

As mudanças tornarão mais difícil considerar os efeitos das alterações climáticas sobre a vida selvagem ao decidir se determinada espécie precisa de proteção. Também será possível permitir que avaliações econômicas sejam conduzidas ao determinar habitats críticos.

As novas regras também facilitam a remoção de uma espécie da lista de espécies ameaçadas e enfraquecem a proteção daquelas já listadas.

Em resumo, as mudanças provavelmente abrirão caminho para novas minas, perfurações para encontrar petróleo e gás e desenvolvimento urbano em áreas onde vivem espécies protegidas.

O Secretário de Comércio, Wilbur Ross, disse que as mudanças se encaixam perfeitamente no mandato do presidente de aliviar as regras impostas aos americanos.

Ambientalistas denunciaram as revisões, alegando que são um perigo para a vida selvagem ameaçada. Uma avaliação recente da ONU alertou que a interferência humana está a ponto de levar milhares de espécies à extinção, e que proteger a biodiversidade é essencial para manter as emissões de gases de efeito estufa controladas.

Segundo o relatório, as mudanças climáticas, a pouca gestão ambiental e a industrialização em massa contribuíram para a enorme perda da natureza mundial.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MAUS-TRATOS

EMPREENDEDORISMO

AÇÃO HUMANA

CONSCIENTIZAÇÃO

ABUSO

ÓRFÃO

COREIA DO SUL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>