Gatinha idosa conquista coração da futura tutora com um gesto de carinho


Foto: GreaterGood.org/Monmouth County SPCA
Foto: GreaterGood.org/Monmouth County SPCA

A gatinha Lynette Baguette foi encontrada vagando pelas ruas de Nova Jersey, nos Estados Unidos, sozinha e desamparada. A felina idosa foi levada pela ONG Monmouth County SPCA (MCSPCA), e apesar de sua artrite e da sua falta de dentes, ela era incrivelmente carinhosa e doce com todos os seus novos amigos do abrigo desde o início.

“Desde o momento em que chegou ao abrigo, ela era uma velhinha simpática e feliz”, disse Nina Lucow, gerente de adoção do MCSPCA, ao The Dodo. “Descobrimos rapidamente que ela não era uma grande fã de outros gatos e que ela era uma daquelas gatas ‘que ficam na sua’. Ela lhe daria um tapa (com a pata) ou uma mordidela com o dente que lhe restara se não estivesse disposta a receber afeição ou atenção.

Foto: GreaterGood.org/Monmouth County SPCA
Foto: GreaterGood.org/Monmouth County SPCA

O mau humor ocasional de Lynette tinha a ver principalmente com a dor que sua artrite estava causando, e uma vez que os funcionários do abrigo conseguiram controlar todos os seus sintomas, ela ficou tão contente que começou a dormir o dia todo – o que provou ser um problema em termos de tentativas. para conseguir um lar para a gatinha.

“Depois que conseguirmos controlar a dor que a artrite provocava a Lynette Baguette com medicação, fisioterapia e acupuntura, ela se sentiu tão bem que só dormiu o tempo todo e nunca foi notada por adotantes em potencial”, disse Lucow.

Foto: GreaterGood.org/Monmouth County SPCA
Foto: GreaterGood.org/Monmouth County SPCA

Uma vez que a maioria dos outros gatos no abrigo se aproximava de possíveis famílias para brincar e se aconchegar, Lynette foi negligenciada todas as vezes. O abrigo queria desesperadamente proporcionar para a doce gatinha idosa uma casa o mais rápido possível para que ela pudesse desfrutar de seus anos dourados em paz, e então eles finalmente decidiram tentar algo um pouco diferente.

O MCSPCA inscreveu Lynette no programa Cat Pawsitive do The Jackson Galaxy Project, que visa ajudar gatos “difíceis de adotar” a serem notados pelo corpo docente e voluntários como implementar treinamento de reforço positivo que ajudará esses gatos a sair de suas cascas. Como Lynette era uma gata veterana que esteve no abrigo por um tempo e precisava ser o único animal doméstico em sua nova casa em potencial, ela era considerada um caso difícil de adotar, e todos esperavam que o programa ajudasse as pessoas a verem a gata doce e incrível que ela realmente era.

Foto: GreaterGood.org/Monmouth County SPCA
Foto: GreaterGood.org/Monmouth County SPCA

O programa funcionou melhor do que qualquer um imaginava – tudo por causa das patinhas especiais de Lynette.
Desde o início de seu tempo no programa para sair de sua concha, a gatinha estava tão ansiosa para aprender e participar, e estava super animada em ver Lindsay, sua treinadora, toda vez que elas trabalhavam juntos. Uma vez que Lindsay descobriu a brincadeira favorita de Lynette, as coisas ficaram ainda mais fáceis, e na verdade foi ideia da própria Lynette aprender como dar a patinha.

Foto: GreaterGood.org/Monmouth County SPCA
Foto: GreaterGood.org/Monmouth County SPCA

“Lynette foi quem começou a levantar a pata para chegar até as guloseimas e Lindsay foi capaz de moldar isso em um gesto de carinho”, disse Lucow. “Rapidamente o gesto se tornou a coisa favorita das duas.”

Além de suas novas e adoráveis habilidades com a patinha, o programa fez exatamente o que foi projetado para fazer e ajudou Lynette a sair de sua concha. Era como se ela fosse de repente um gato completamente diferente, quando na verdade, ela estava finalmente confiante e confortável o suficiente para deixar sua verdadeira personalidade aflorar.

“Uma vez que ela começou a participar do programa, Lynette setornou muito mais interativa, não só com sua professora, mas com voluntários e potenciais adotantes”, disse Lucow. “Ela passou a aceitar outros gatos e até a brincar com eles. Ela deu um passo à frente e se levantou para cumprimentar sua professora quando ela veio treiná-la e se envolver mais com os potenciais adotantes. As pessoas começaram a notar Lynette Baguette porque ela realmente se envolvia com elas, em vez de apenas dormir”.

Foto: GreaterGood.org/Monmouth County SPCA
Foto: GreaterGood.org/Monmouth County SPCA

Mesmo com o passar do tempo, todo mundo no abrigo ainda estava encantado e hipnotizado pelos adoráveis gestos com a patinha que Lynette fazia, como se os chamasse. Eles começaram a postar sobre ela e suas habilidades nas mídias sociais, que fois como sua nova família finalmente a encontrou.

“Os novos pais de Lynette viram o vídeo que publicamos na página do Facebook da SPCA de Monmouth County mostrando seu charme”, disse Lucow. “Eles se apaixonaram por ela pelo vídeo e foram ao abrigo especificamente para adotá-la!”

Depois de conhecerem Lynette, seus novos pais sabiam que ela deveria ser sua gata e oficialmente decidiram adotá-la. Depois de passar mais de um ano no abrigo passando completamente despercebida, todo mundo estava absolutamente encantado com a doce e meiga Lynette, que finalmente encontrou seu lar.

Agora, Lynette passa seus dias se aconchegando com sua nova família e olhando por uma enorme janela, observando as pessoas e apreciando o mundo ao seu redor. Ela ainda adora dar a patinha, e sua tutora fez questão de estocar suas guloseimas favoritas. Ela está amando tudo sobre sua nova vida, e todo mundo no abrigo está muito empolgado que ela conseguiu chegar à melhor casa do mundo pela melhor maneira possível.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ÓRFÃO

COREIA DO SUL

SOB INVESTIGAÇÃO

AGRESSÃO BRUTAL

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>