Galinha ferida e abandonada para morrer é acolhida, faz cirurgia e se recupera


Foto: Kail Marie
Foto: Kail Marie

Quando um casal voltava para casa em uma noite após o trabalho, eles não tinham ideia de que haveria uma pequena surpresa esperando por eles quando chegassem.

“Estava escuro lá fora quando a encontramos”, disse Kail Marie ao The Dodo. “Meus faróis de repente refletiram sobre ela assustada em nossa garagem.”

Quando os dois se aproximaram, perceberam que era uma galinha apavorada – e obviamente havia algo de errado com ela.

Foto: Kail Marie
Foto: Kail Marie

Dada a linha de trabalho que Marie desenvolve, encontrar animais necessitados jogados à sua porta infelizmente não é tão incomum. Marie é a fundadora do Tallgrass Parrot Sanctuary, um centro de resgate no Kansas (EUA) para papagaios de estimação descartados.

Então, a boa notícia para a ave foi que ela foi abandonada no lugar certo. A má notícia era que ela precisaria de cuidados intensivos para sobreviver, o que é outra pressão sobre os recursos do santuário – e não há dúvida alguma para Marie de que a galinha receberia a ajuda de que precisava.

Foto: Kail Marie
Foto: Kail Marie

“Acreditamos que todo ser sofre, sente alegria e tristeza, ama e sente o amor que recebe”, disse Marie. “Não damos mais valor à uma vida do que a outra ou menos valor à vida de um ser menor que outro. Se pudermos salvar uma vida ou reduzir o sofrimento dela, nós o faremos.”

Marie nomeou a pequena galinha de Dorothy, em homenagem à heroína do filme O Mágico de Oz. E ela trouxe sua nova amiga pra dentro de casa para começar abusca por ajuda para ela.

Havia obviamente algo de errado com a coxa de Dorothy – Marie a colocara em uma pequena placa rosa para protegê-la. E no consultório do veterinário, o Mariposa Veterinary Wellness Center em Lenexa, no Kansas, um raio X revelou que a perna havia sido quebrada.

Foto: Kail Marie
Foto: Kail Marie

Para Dorothy ter alguma esperança de sobrevivência e uma vida normal, ela precisaria de uma cirurgia para consertar a perna quebrada – algo que muitas pessoas concordariam em fazer em um cachorro, mas não com uma galinha. Felizmente, Marie vê pouca diferença nisso.

O veterinário, Dr. J.C. Burcham, e sua equipe também viram que a vida de Dorothy certamente valia a pena qualquer esforço.

A galinha machucada e abandonada que ninguém queria se viu em uma mesa de operações, cercada por pessoas que queriam que ela melhorasse. Enquanto isso, Marie esperava em casa notícias – e, felizmente, era uma boa notícia que finalmente chegou.

Foto: Kail Marie
Foto: Kail Marie

“Ela passou pela cirurgia com coragem e sucesso”, disse Marie.

Dorothy teve seus ossos imobilizados para que pudessem começar a se curar. Em várias semanas, ela fará um check-up para ver como sua perna está se recuperando.

Enquanto isso, Dorothy está relaxando e se acostumando com seu novo lar amoroso.
“Ela tem um cantinho montado só pra ela na casa”, disse Marie. “E ela está indo muito bem.”

Foto: Kail Marie
Foto: Kail Marie

E Marie descobriu que Dorothy é uma espécie de galinha de colo. “Descobri que ela gosta de ser abraçada e acariciada”, disse Marie. “A galinha mais doce do mundo.”

Marie planeja comprar uma pequena cadeira de rodas para Dorothy assim que ela estiver pronta e for necessário.

Foto: Kail Marie
Foto: Kail Marie

À medida que a temperatura cai e os dias começam a ficar mais curtos, Dorothy – também conhecida como O Frango de Mil Dólares – tem sorte que sua vida foi salva por pessoas que só querem se aninhar com ela e ajudá-la a ficar mais forte.

“Nós nos sentamos e assistimos TV juntos ontem à noite”, disse Marie. “Esta passando a série ‘The Walking Dead’ (Os Mortos que Andam, na tradução livre). Há uma piada em algum lugar, na medida em que Doroty estava à beira da morte, mas ela hoje em dia caminha muito bem, obrigada”.

Foto: Kail Marie
Foto: Kail Marie

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DADOS ALARMANTES

MAUS-TRATOS

DESMONTE AMBIENTAL

ZOOFILIA

RÚSSIA

FINAL FELIZ

CRUELDADE

CRISE ECONÔMICA

SINERGIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>