Relatório sobre mudanças climáticas incentiva uma dieta baseada em vegetais


Por Rafaela Damasceno

Um relatório divulgado recentemente sobre mudanças climáticas e uso devido do solo, elaborado pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês), incentiva uma dieta baseada em vegetais para reduzir as emissões dos gases de efeito estufa na atmosfera.

Várias vacas comendo em uma fazenda industrial
Foto: Adobe

O relatório está sendo debatido em Genebra, na Suíça, e argumenta que a crise climática não pode ser combatida apenas pelos cortes de transportes, fábricas e usinas (que são extremamente poluentes). Para o IPCC, é necessário mudar a maneira que os alimentos são produzidos e a maneira que o solo é utilizado.

A redução da produção de carne, o que reduziria a quantidade de metano produzida, também foi mencionada no relatório. Ele afirma que um quarto de todas as emissões de metano tem origem nos campos pecuários.

“O consumo de dietas saudáveis e sustentáveis, ricas em grãos, legumes e vegetais, nozes e sementes… apresenta grandes oportunidades de reduzir as emissões dos gases de efeito estufa”, diz o relatório.

“Estamos chegando muito perto de mudanças realmente perigosas no comportamento do clima”, disse Bob Ward, diretor de política do Instituto Grantham de Pesquisa sobre Mudança Climática e Meio Ambiente.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AGRESSÃO BRUTAL

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>